Em busca do Bi da Copa Brasil.

Créditos: Santos FC.

As semifinais da Copa do Brasil começarão a serem disputadas nesta quarta-feira (21).  O Santos - que vai em busca do seu segundo título - enfrentará um adversário bem conhecido em duelos de mata-mata: o São Paulo.

O ano de 2000 foi o último no qual a equipe tricolor saiu vitoriosa de um duelo mata-mata contra o Alvinegro, que desde então venceu os outros seis duelos que estariam por vir (2002, 2004, 2010,2011,2012,2015). E nos quatro últimos, ao passar o tricolor, o Santos disputou as finais e consagrou-se campeão.

A torcida santista, por esse retrospecto, sempre fica empolgada e confiante, pois semifinal contra o São Paulo, para nós já é sinônimo de título. Porém, todo cuidado é pouco, o futebol é uma caixinha de surpresas e nem sempre aquele que é mais favorito sai vencedor, ainda mais em duelos de 180 minutos, como este.

Para o São Paulo, ganhar do Santos além de quebrar um tabu, seria uma maneira de afastar a crise que está tomando conta do clube. Para o Santos, ganhar do São Paulo aproximaria o sonho de voltar a disputar a Libertadores da América.

O fato é,  que o Santos é sim o time favorito para essa semifinal, pelo crescimento que a equipe vem apresentando não só na Copa do Brasil, mas principalmente no Brasileirão, onde até alguns meses atrás estava na zona de rebaixamento e hoje se encontra no G4.

Com os retornos de David Braz e Gabriel – que estavam suspensos -  e a possível volta de Gustavo Henrique, recuperado de desgaste muscular, a provável escalação da equipe santista para entrar em campo nesta quarta-feira seria com: Vanderlei; Daniel Guedes, David Braz, Gustavo Henrique e Zeca; Thiago Maia, Renato e Lucas Lima; Gabriel, Ricardo Oliveira e Marquinhos Gabriel (Geuvânio).

Vale ressaltar o que o técnico Dorival Jr disse após a vitória de domingo, que o segredo da equipe é a HUMILDADE. E que a equipe amanhã possa entrar em campo com esta mesma humildade, respeitando o adversário e que cada jogador honre a camisa alvinegra, pois amanhã... A Batalha começa!

“LUTAR, COM FÉ E COM ARDOR!”

Carolina Ribeiro