Em duelo de técnicos, Corinthians vê sua diferença para o Atlético MG diminuir

  O Corinthians entrou em campo nesta quarta-feira (10/09), defendendo a liderança isolada da competição e com a missão de aumentar sua vantagem para o vice-líder Atlético MG, que mais cedo havia derrotado o Avaí por 2x0, diminuindo a diferença para 2 pontos. Com a pressão e a defesa desfalcada, sem o zagueiro Gil e o lateral Fagner, suspensos e sem o lateral Uendel, que recupera-se de lesão, o Timão recebeu um Grêmio aguerrido e que não se intimidou com os mais de 30 mil torcedores corintianos.

 Os dois times sofreram com passes errados, em função do gramado molhado. Após escorregões o lateral Guilherme Arana do Corinthians e o zagueiro Pedro Geromel do Grêmio, saíram de campo com lesões musculares. Com a falta de reservas para a posição, o técnico Tite improvisou o zagueiro Yago, na lateral esquerda.

 Com uma defesa bem armada, o Grêmio conseguia conter as armações do ataque corintiano, restando ao alvinegro de Parque São Jorge arriscar em chutes de fora da área. Foram poucas as chances dentro da área adversária, em uma delas o atacante Malcon, desperdiçou a chance chutando em cima do zagueiro. As melhores chances do primeiro tempo foram do Grêmio e em uma delas Marcelo Oliveira, sozinho mandou pra fora após receber a bola de Pedro Rocha.

 Os donos das melhores defesas da competição voltaram para o 2º tempo, ainda apostando na defesa e investindo nos contra-ataques. O Grêmio soube aproveitar melhor as oportunidades e após o erro na saída de bola Marcelo Oliveira, cruzou rasteiro pra Bobô abrir o placar. Bobô chegou a ampliar o placar, mas a arbitragem marcou impedimento, acertadamente. O empate não demorou a sair.

 Um dos lideres da equipe alvinegra, Renato Augusto, demonstrou em campo mais uma vez o seu lado “cherifão”. O meia, aos 21 minutos do segundo tempo, recebeu cruzamento de Jadson e de cabeça desviou pro gol. O gol deu ânimo ao Corinthians, que foi pra cima e após erro da defesa gremista, Rildo chutou, o goleiro Tiago bateu e a bola explodiu na trave.

  O jogo terminou 1x1, e o que tivemos foi um choque de dois belos esquemas táticos. Roger Machado, pupilo de Tite, com quem trabalhou ainda no Grêmio , soube escalar sua equipe.

 O Corinthians somou um ponto e viu sua diferença para o Atlético diminuir e manteve a distância para o Grêmio. Em busca da vitória, a equipe joga domingo, estreando o horário das 11 h contra o Joinville, novamente na Arena Corinthians. Vencer torna-se mais que necessário para o Timão manter-se na liderança.

 

 

 

Mariana Alves, Corintiana sofredora, graças a Deus!