Em estreia tensa, Atlético arranca um empate fora de casa

Longe da torcida e com as pratas da casa, o Furacão estreou no Paranaense com um empate em 1x1 contra o Rio Branco.

Torcida do Atlético esteve presente em  Paranaguá para a estreia no Estadual 2017. | Jonathan Campos /Gazeta do Povo

Foto: Jonathan Campos /Gazeta do Povo

Visando a estréia na Libertadores o Atlético foi a campo neste domingo(29) com os seus jovens talentos. Os únicos jogadores do elenco principal que foram a Paranaguá eram Weverton e Léo. A vitória não veio, mas a garotada jogou muito bem e mostrou que futuramente serão grandes reforços para o time principal.

“A garotada está de parabéns, fez um jogo de organização e qualidade. Foi um aprendizado para estes jogadores. Dá orgulho estar à frente de um grupo destes”, disse o técnico Paulo Autuori.

Foto: Jonathan Campos

Mesmo com pouca “experiência” em campo, o Atlético não ficou pra trás, jogou de igual pra igual contra seu rival e aos oito minutos do primeiro tempo um anjo, ou melhor, Matheus Anjos abriu o placar pro Furacão. 1x0. O goleiro da equipe de Paranaguá ainda fez três defesas importantes.

O Leão da estradinha empatou o jogo já no começo do segundo tempo, com o zagueiro Darlan. 1x1. Mesmo com chances criadas dos dois lados o duelo terminou empatado em 1x1.

O confronto também ficou marcado por muita discussão e o clima ficou tenso entre a torcida do Rio Branco e Paulo Autuori. Após algumas reclamações por parte do treinador sobre as condições do estádio, os torcedores da equipe de Paranaguá que não gostaram muito, responderam com cusparadas as críticas. Weverton também reclamou da atitude de “meia dúzia” de torcedores e disse que eles o atingiram com saliva e cachaça.

O treinador garantiu que cobrou da arbitragem que as ocorrências sejam registradas na súmula do jogo. “Tem que colocar. Se não fizer, é negligência. No Brasil, falta coragem para se tomar atitudes”, finalizou.

Paulo Autuori reclama com a arbitragem de objetos supostamente atirados contra ele | Jonathan Campos/Gazeta do Povo

Jonathan Campos/Gazeta do Povo

 

O Rubro-Negro volta a campo na próxima quarta-feira (1), na Arena da Baixada para o seu primeiro compromisso na Libertadores contra o Millonarios.

FICHA TÉCNICA
RIO BRANCO 1X1 ATLÉTICO

Local: Estádio da Estradinha, em Paranaguá (PR).
Data: 29 de janeiro de 2017.
Horário: 17h.
Árbitro: Felipe Gomes da Silva (PR).
Auxiliares: Jefferson Cleiton Piva da Silva (PR) e Deniel Carvalho (PR).
Público e renda: 2.780 pagantes/3.160 presentes/R$ 99.500,00.

Rio Branco: Dalton; Ramon, Darlan (Ruan), Vinicius e Diego; Tiago Pedra, Camargo, Fidel e Minho; Lúcio Curió (Juninho) e Rafael Paraíba (Rafael Tavares).
Técnico: Guilherme Macuglia.

Atlético: Weverton; Léo, José Ivaldo, Marcão e Renan Lodi; Luiz Otávio, Matheus Rosseto, Matheus Anjos, Yago (Nicolas) e Bruno Rodrigues (Crysan); Murillo (Luis Henrique).
Técnico: Paulo Autuori.

Cartões amarelos: Ramon e Vinicius (RBR); José Ivaldo (CAP).
Cartão vermelho: Luis Henrique (CAP).
Gols: Matheus Anjos (CAP), aos 8′ do primeiro tempo, e Darlan (RBR), à 1′ do segundo tempo.


Vanusa Caetano, Por Deus, Pela Família, Pelo Atlético!