EM JOGO DE SEIS PONTOS, PONTE ENFRENTA O SANTOS PELA BUSCA DO G4

A macaca vai a Santos enfrentar a equipe praiana buscando a vitória para alcançar o G4. 

Com 23 pontos e ocupando a sétima colocação, a Ponte está atrás de Flamengo, atlético paranaense e do Santos apenas pelo saldo de gol. 
Com desfalques como Galhardo, Renê Júnior, Felipe Azevedo, Kadu no departamento médico, Jeferson também sentiu um desconforto na última partida pela copa do Brasil e se tornou dúvida para o técnico Eduardo Baptista, ainda tendo de fora o volante João  Vitor que está suspenso. 
A boa notícia fica por conta da liberação dos volantes Wendel e Maycon recém contratados ja liberados e a disposição para estreitar.

- É um jogo importante, contra uma grande equipe e é sempre muito difícil jogar na Vila. O Santos tem jogadoers de nível de seleção, que agridem e tem uma irresponsabilidade no bom sentido. Mas a Ponte também possui um time sólido, e as campanhas são iguais. É ter coragem e concentração para pontuar. Não podemos nos abater e marcar forte. Se conseguirmos somar esses ingredientes, temos chance de somar pontos lá - disse o treinador Eduardo Baptista.

Eduardo Baptista conversa com Wendel, que deve estrear neste domingo (Reprodução/EPTV)

Santos e Ponte devem vir a campo hoje com a seguinte escalação;

Ponte: João Carlos, Jeferson, Fábio Ferreira, Grolli e Reinaldo; Matheus Jesus, Wendel e Ravanelli; Giva (Rhayner), Clayson e Pottker
Santos: Vanderlei; Victor Ferraz, Luiz Felipe, Gustavo Henrique e Zeca; Thiago Maia, Renato, Lucas Lima e Vitor Bueno; Gabriel e Ricardo Oliveira

Os dois times se enfrentam na Vila Belmiro as 18h30 e a arbitragem fica por conta de Marielson Alves Silva, da Bahia, apita, auxiliado por Gustavo Rodrigues de Oliveira e Bruno Salgado Rizo, de São Paulo.

Por Li Zancheta