Em jogo morno, Leandro Kível decide mais uma vez...

 

Na tarde deste domingo (19), o ASA enfrentou a equipe do Coruripe, no estádio Coaracy da Mata Fonseca, às 16:00h (BSB), em jogo válido pela sexta rodada do Campeonato Alagoano.

A equipe que começou o duelo foi formada por: Luís Cetin; Douglas, Eron, André Lima e Airton; Leanderson, Nata, Mazinho, Doda e Téssio; Leandro Kível. Técnico: Maurílio Silva, e como alterações: LEO CAMPOS (NO LUGAR DE DODA), BRUNO SOUTO (NO LUGAR DE AIRTON), JUNIOR MANDACARU (NO LUGAR DE NATA).



    C:\Users\Usuário\Desktop\IMG_20170219_160108.jpg

Foto de Arquivo Pessoal da colunista

 

O ASA iniciou a partida como segundo colocado do grupo B, com 12 pontos, atrás apenas da equipe do CSA, o time mandante ficou com a bola na maior parte dos dois tempos da partida, porém o jogo foi morno e decidido pelos pés do artilheiro alvinegro.

Um começo com alguns erros de passes e em uma imensa dificuldade das equipes em serem ofensivas, o ASA ainda conseguia ser melhor em campo e no  segundo tempo pressionou ainda mais, conseguiu ser mais ofensivo.

Aos 17’ , Kível recebeu dentro da área, cortou a marcação e mais um vez foi preciso, deixando sua marca em um gol pra animar e aquecer a torcida do fantasma, já aos 48’ do segundo tempo, Mateus da equipe visitante, que já tinha cartão amarelo fez falta em Bruno Souto e foi expulso.

Em resumo, a equipe alvinegra vem sempre bem colocada em campo e estamos no topo da tabela, mas isso não nos faz querer menos cada vitória, o ASA vem tentando ser agressivo, ofensivamente falando e isso vem agradando a torcida que mesmo com o posicionamento do time vem pecando por não chegar junto. O ASA é nosso, o ASA é da torcida, é da nossa cidade, mas temos uma torcida ingrata, uma torcida que é feita pelos de sempre, os que estão sempre no estádio, sem desculpas, sem reclamações de A ou B. Na verdade nossa torcida tá sempre insatisfeita ou busca algo pra se dizer insatisfeita, nossa torcida acostumou com a época da série B, e por ingratidão prefere tá em casa reclamando de valor de ingresso, de diretoria, de tudo que envolva o ASA, ao invés de fazer o mínimo que pode fazer pelo clube: IR AO ESTÁDIO, SE TORNAR SÓCIO DO CLUBE, independente de série, de posição, de classificação. Meu ASA perdoe essa gente ingrata, e dê sempre alegrias aos fiéis, tenho fé que esse ano será de glórias.


Por: Arielly Soares, torcedora do ASA GIGANTE!