Em noite de Robinho, Galo vence o Coritiba no Horto.

Nesta noite de segunda feira, o Atlético MG recebeu o Coritiba no Horto, as 20hrs (Brasília). Em noite inspirada de Robinho e o retorno de Lucas Pratto aos gramados, o Galo venceu o Coxa por 2-0. 

(Foto: Gustavo Rabelo/Agencia Estado)

O Atlético segue com seu bom rendimento dentro de casa. Depois de perder o equatoriano Cazares por causa de uma grave lesão que pode tirar o mesmo dos gramados por até 3 meses, o time apesar de estar com dificuldades e sentindo a falta evidente do camisa 11 conseguiu uma boa vitória e está mais perto do tão sonhado G4. Já o Coritiba, está na tão temida zona de rebaixamento

 O jogo:

O time do Atlético tentava se encaixar dentro de campo e o Coritiba ameaçando o gol de Victor, algumas finalizações do time paranaense levaram perigo, outras não. Atlético conseguiu sua boa oportunidade aos 20 minutos, quando Carlos César cruzou e Carlos cabeceou para cima, logo em seguida Robinho pegou o rebote mas também finalizou para fora, depois da saída de Carlos mais uma vez lesionado pra entrada de Lucas Pratto ficou evidente a melhora no time do Atlético que passou a finalizar mais e aos 40 minutos, em um cruzamento de Eduardo e Robinho cabeceou vendo assim a bola morrer no fundo das redes, abrindo o placar do jogo.No segundo tempo o Coritiba voltou atacando mais ainda com Kléber, um velho conhecido mais nada “amigável” da torcida do Atlético, o time paranaense vinha com boas chances para empatar a partida, se não fosse por Victor ou más finalizações o placar não iria demorar ficar tudo igual.

Em uma falha do zagueiro Ronaldo, o Coritiba deixou tudo igual, Carlinhos de letra para Kléber que devolveu para o mesmo que dominou na área e finalizou no gol de Victor, deixando o placar tudo igual.

Atlético não se abalou e ao som de sua torcida pedindo para o time alvinegro virar foram criadas mais chances, em uma das mais importantes Rafael Carioca lançou a bola para Maicosuel que se livrou da marcação mas finalizou bem fraco, ficando assim fácil a defesa do goleiro Wilson. Aos 40 minutos novamente o gol de virada saiu, Douglas Santos lançou Clayton que cruzou rasteiro para Robinho, mais uma vez o camisa 7 que estava mais para um nove viu a bola morrer no fundo das redes, deixando o placar por 2-1. O Galo ainda teve chances de ampliar ainda mais o placar, com Lucas Pratto finalizando para cima e o juiz que errou ao não marcar pênalti em Robinho, Coritiba ainda teve mais uma chance no último lance do jogo com Felipe Amorim com um cabeceio sobre o travessão dentro da pequena área.

 

Na próxima rodada o Atlético reencontra um velho conhecido da torcida em uma data tão especial. O time reencontrara o técnico Cuca que agora comanda o Palmeiras, exatos 3 anos depois que o clube ganhou a Copa Libertadores com o mesmo, será um jogo cheio de emoção pelo visto.

 

   ATLÉTICO 2 x 1 CORITIBA

  ATLÉTICO

Victor; Carlos César, Ronaldo, Leonardo Silva e Douglas Santos; Rafael Carioca e Eduardo; Carlos (Pratto), Robinho e Maicosuel (Clayton); Fred (Lucas Cândido)
Técnico: Marcelo Oliveira

  CORITIBA
Wilson; Ceará, Luccas Claro, Juninho e Carlinhos; Edinho (Leandro), João Paulo, Alan Santos (Felipe Amorim) e Juan (Bernardo); Kleber e Kazim 
Técnico: Pachequinho

  Gols: Robinho, aos 41 minutos do 1º tempo; Carlinhos, aos 31 minutos; e Robinho, aos 40 minutos do 2º tempo

  Motivo: 15ª rodada do Campeonato Brasileiro
  Estádio: Estádio Independência, Belo Horizonte
  Data: 18 de julho (segunda-feira)

 Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS/FIFA)
 Assistentes: Carlos Berkenbrock (SC) e Elio Nepomuceno de Andrade (SC) 
 Cartões amarelos: Edinho e Kazim (Coritiba); Ronaldo e Eduardo (Atlético)

 Pagantes: 20.891
 Renda: R$ 639.655,00

Por Eduarda Moreira