EM PRIMEIRO

Neste sábado (26) o Flamengo fez seu dever na casa adversária, e venceu o Atlético-MG. Não foi um partidaço, e teve um certo equilíbrio. Talvez graças ao que estava em jogo. A liderança era o objetivo, principalmente depois que o Fluminense ganhou seu jogo. Os dois times entraram sabendo da responsabilidade e fizeram o seu melhor. Com a nossa zaga desfalcada, era fato que os mineiros iriam se aproveitar disso, ainda mais dentro de casa. Já os cariocas iriam aproveitar da velocidade dos seus meninos no contra-ataque. E foi exatamente o que aconteceu.

 

(Foto: Staff Images / Flamengo)

 

Primeiro Tempo: o Atlético-MG fez o que se esperava. Ficou com a posse de bola, tentou bastante, e usou sua torcida ao seu favor. Porém o rubro-negro conseguiu se fechar e segurou a pressão. Teve Blanco que quase abriu o placar, mas parou em Diego Alves. Depois Alerrandro que foi interceptado na hora do chute e até o travessão impediu o gol quando Róger Guedes cabeceou. Já para os cariocas não deram muito trabalho nem perigo.

 

Segundo Tempo: na mesma linha, os mineiros tentaram manter o ritmo. Com o Flamengo mais fechado, os atleticanos tiveram que arriscar de fora da área. Aquele lema de "quem não faz, leva" se fez presente na partida, e num contra-ataque que começou num erro de Emerson, que não cortou a bola, viu Vinicius Junior, com sua habilidade e agilidade, que chegou na área e tocou para Éverton Ribeiro balançar a rede. Os alvinegros continuaram a desperdiçar as chances e ainda tiveram uma chance no finalzinho do jogo, que parou na trave.

 

 

(Foto: Staff Images / Flamengo)

 

O Flamengo conseguiu ser efetivo, talvez, na melhor chance dele. Vinicius Junior mostrou seu papel e Éverton continuou em sua boa fase e marcou de novo. Porém o destaque mesmo ficou por conta da dupla de zaga, Thuler e Léo Duarte, que fizeram um jogo impecável. Não mostraram nervosismo e seguraram a pressão. Viraram homens, mesmo sendo garotos e nos deu um alívio, pois temos com quem contar.

 

O rubro-negro voltou à primeira posição e só o Corinthians pode passar, se tirar a diferença no saldo de gols. Enfim, podemos respirar, nosso Flamengo está fazendo seu dever e não está deixando passar as oportunidades. Claro, que ainda está longe de mostrar todo seu potencial, e ainda está faltando paixão. Mas ontem foi bem a nossa cara: raça! O próximo compromisso será na quinta (31) às 16h no Maracanã contra o Bahia, que até o momento está na zona de rebaixamento, na 18 posição com cinco pontos. O time da Gávea está no topo com quatorze pontos. Então só continua e vamos Flamengo!

 

Por Paula Barcellos