Empate com gosto amargo

 

Pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro, o Botafogo empatou com o Vitória no Estádio Nilton Santos. Dessa vez o adversário saiu na frente com Denílson após falha na reposição de bola do goleiro Jefferson, que, definitivamente, não estava num bom dia. Antes desse furo, o goleiro já havia se desentendido com a bola por outras duas vezes, e se desculpou com os companheiros.

Em compensação, aos 44 minutos o goleiro chutou forte e Kieza bateu para o gol. O Bota chegava ao empate antes do intervalo.

 

Vitor Silva / SS Press / Botafogo

 

No segundo tempo o jogo melhorou para ambas as equipes. Aguirre entrou no lugar de Bochecha, que vinha sendo cobrado pelos torcedores. Lindoso teve duas boas chances de mudar o final infeliz, mas não aproveitou. O placar permaneceu o mesmo e os mais exaltados também não pouparam xingamentos contra Alberto Valentim, técnico do Glorioso.

 

Vitor Silva / SS Press / Botafogo

E ele, admitiu:

Um primeiro tempo ruim, um time lento na posse... No segundo melhoramos um pouco, mas também não foi o que poderíamos fazer”

Com esse resultado, o alvinegro chega a nove pontos e na 12ª colocação. O próximo desafio é o São Paulo. Fora de casa, Valentim terá muito trabalho para trazer os três pontos na bagagem.

 

FICHA TÉCNICA 
BOTAFOGO 1 X 1 VITÓRIA 

Estádio: Nilton Santos, Rio de Janeiro (RJ) 
Data-Hora: 27/5/2018 - 16h 
Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza (SP) 
Público/Renda: 4.779 pagantes e 5.857 presentes / R$ 129.145,00 
Cartões amarelos: Rhayner, Jeferson, Neilton e Yago (VIT); Matheus Fernandes (BOT) 
Cartões vermelhos: 

GOLS: Denílson (36'/1ºT - 0x1) e Kieza (44'/1ºT - 1x1) 

BOTAFOGO: Jefferson; Marcinho, Yago, Igor Rabello e Moisés; Rodrigo Lindoso, Matheus Fernandes e Gustavo Bochecha (Rodrigo Aguirre, intervalo); Luiz Fernando (Leo Valencia, 30'/2ºT), João Pedro (Ezequiel, 14'/2ºT) e Kieza. : Alberto Valentim 

VITÓRIA: Elias; Lucas, Aderllan, Ramon e Jeferson; Rodrigo Andrade, Zé Welison e Rhayner (Lucas Fernandes, 24'/2ºT); Neilton, Wallyson (André Lima, 36'/2ºT) e Denílson (Yago, 41'/2ºT). T: Vagner Mancini

 

Por Lívia Torres

Fonte: globoesporte.com / terra.com.br