Empate com gosto de derrota

 

diogo-barbosa-e-jean-disputam-bola-em-cruzeiro-x-palmeiras-pela-copa-do-brasil-1501122780119_615x300.jpg

Foto: UOL Esportes - André Yanckous/AGIF

 

PRIMEIRO TEMPO

 

 

Cuca optou por Jailson ao invés de Fernando Prass e colocou Borja como titular. O jogo começou pegado, o time da casa foi quem começou no ataque.

Aos 7’1T, Jean fez troca de passes com Roger Guedes, que avançou e tentou chutar, mas a bola apenas foi para longe do gol. Aos 10’1T depois de cobrar escanteio, Mina quase chegou na bola, mas ela passou e Henrique colocou para escanteio. Até os 19’1T as chances foram todas do time da casa, pois o Palmeiras não conseguia segurar a bola, dando liberdade para o adversário ficar no campo de ataque. Aos 30’1T, Dudu lançou na área, a zaga afastou, Mina subiu junto com Fábio e a bola sobrou para Felipe Melo que tentou encobrir Fábio, mas a bola acabou indo para fora. Na sequência Dudu lançou para Jean que arriscou de longe, mas Fábio fez defesa. Aos 34’1T novamente Dudu cobrou a bola na área, a zaga afastou, mas a bola voltou para Dudu que cruzou para Felipe Melo devolver para Dudu, mas o passe foi muito forte, saindo pela linha de fundo. Até o fim do primeiro tempo só o Cruzeiro atacou. Depois de 1 minuto de acréscimo, a primeira etapa acabou em 0x0.

 

SEGUNDO TEMPO

 

 

No início do segundo tempo, Cuca trocou Guerra por Keno, já que o venezuelano estava sem condições de atuar na etapa complementar. A chance do Palmeiras veio aos 8’2T depois de cobrança de escanteio, Mina tentou cabeceio mas a bola passou por cima do gol. Cuca alterou Felipe Melo por Raphael Veiga (para dar rapidez ao ataque). Aos 14’2T Dudu enfiou a bola para Roger Guedes que tocou para Borja na área, o colombiano chutou e a bola pegou no rosto do adversário. O empate não servia, então o Palmeiras tinha que ir para cima. Aos 19’2T Raphael Veiga dominou e arriscou de longe, a bola passou perto do gol. O Cruzeiro segurava a bola, já que o empate o favorecia. Aos 25’2T depois de cruzamento na área, Fábio tirou a bola, que sobrou para Keno chutar, a bola desviou e entrou no fundo do gol: 1x0 verdão!

Cuca fez mais uma alteração, dessa vez tirando Dudu e colocando Tche Tche. A cada minuto que passava a tensão aumentava. O Cruzeiro atacava e eu só queria que o jogo acabasse logo. Aos 39’2T Borja tocou para Egídio que arriscou chute longe do gol. O inesperado veio aos 39’2T, o Cruzeiro empatou com Diogo Barbosa. O empate foi um banho de água fria à essa altura do jogo. O juiz deu 4 minutos de acréscimo e até o final do jogo, o Cruzeiro fazia cera e administrava o resultado para sair com a classificação.

 

FIM DE JOGO

 

 

Dava pra classificar, sim! O Palmeiras não fez um bom primeiro tempo, foi um pouco melhor no segundo, mas o que prevaleceu e deu a classificação foi o primeiro jogo. Os 3 gols sofridos foram cruciais, mesmo que tenham sido 3x3. Em mata mata o gol fora de casa conta muito! Agora é seguir em frente, sábado já tem jogo pelo Campeonato Brasileiro.


 

Avante Palestra

 

FICHA TÉCNICA

CRUZEIRO 1 x 1 PALMEIRAS

 

 

LOCAL: Estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG)

DATA: 26 de julho de 2017, quarta-feira

HORA: 21h45

ÁRBITRO: Wilton Pereira Sampaio

ASSISTENTES: Bruno Raphael Pires - Cristhian Passos Sorence

CARTÕES AMARELOS: Alisson, Arrascaeta e Thiago Neves (CRU); Mina, Egídio e Edu Dracena (PAL)

 

 

Gols:

CRUZEIRO: Diogo Barbosa

PALMEIRAS: Keno

 

 

CRUZEIRO: Fábio; Lucas Romero, Léo, Murilo e Diogo Barbosa; Henrique, Ariel cabral e Elber (Arrascaeta); Thiago Neves; Rafael Sobis (Raniel) e Alisson (Lucas Silva)

Técnico: Mano Menezes


 

PALMEIRAS: Jailson; Jean, Mina, Dracena e Egídio; Thiago Santos, Felipe Melo (Raphael Veiga) e Guerra (Keno), Dudu, Róger Guedes e Borja.

Técnico: Cuca

 

 


Escrito por: Ashley Santos