Enfim classificados!

Com sete desfalques (Dracena, Egídio, Zé Roberto, Arouca, Cristaldo, Dudu e Jesus), o Palmeiras entrou em campo neste domingo com a missão de se classificar para a próxima fase do Campeonato Paulista, sua obrigação, e rebaixar o time do Mogi Mirim que só por um milagre conseguiria se salvar da degola. 
 
O Cuca teve que apresentar um time bem diferente dos últimos jogos, as alterações foram necessárias em virtude da grande quantidade de desfalques do time, o que demonstrou uma enorme falta de entrosamento do time em campo. O sistema ofensivo que normalmente conta com Gabriel Jesus e Dudu, deu lugar a Allione e Rafael Marques, esse último foi muito apagado no jogo, tanto que foi sacado pelo treinador para dar lugar a Lucas Barrios. Aliás, Rafael Marques desde a estreia do Cuca no comando do Palmeiras diminuiu muito o seu potencial. 
 
Se o Mogi Mirim jogava no limite de suas forças para tentar evitar o rebaixamento, o Palmeiras jogou de maneira bem mediana e diria que abaixo do que se esperava, tendo em vista o adversário. 
 
O Palmeiras abriu o placar aos 15 minutos com sobra de bola nos pés do Alecsandro. Aos 20 minutos do primeiro tempo, Matheus Sales (que foi mal no jogo) cometeu mais uma falta boba do Palmeiras que originou mais um pênalti desnecessário. Terceiro pênalti seguido nos três últimos jogos. Lulinha empatou o jogo. 
 
No segundo tempo, aos 19 minutos, Lucas Barrios deixou o Palmeiras mais uma vez na frente, tendo apenas que administrar o resultado até o fim do jogo. Classificado, o Palmeiras enfrenta a equipe do São Bernardo no próximo domingo, mas antes disso tem jogo decisivo no meio da semana pela Libertadores.
(Fonte: UOL Esporte) 
 
O Cuca, ao final do jogo, disse que se permitia sorrir um pouco depois da classificação no Paulista. Já eu penso que Palmeiras tem que fazer os seus torcedores sorrirem bem mais. Palmeiras foi bem mediano no jogo do último domingo e com o elenco que tem, inclusive no banco de reservas, tem que apresentar um futebol bem melhor.
 
Marcela Permuy