ENFIM, LONGE DE MAIS UM REBAIXAMENTO.

 

C:\Users\Denise\Documents\Blog\inter1.png

Foto: Internet

Como a memória de torcedor é praticamente um HD Externo, ainda era bem viva na memória a derrota para o Inter no primeiro turno. Leonardo Garcia Cavaleiro era o árbitro daquela partida, talvez tenha sido também o melhor em campo.

O escalado para a noite desta quinta-feira foi Heber Roberto Lopes. A esperança ressurgiu no olhar da torcida colorada. Mas não foi bem assim, não dessa vez.

A equipe colorada começou melhor a partida, buscando a vitória já que lutam para escapar do rebaixamento. Valdívia abriu o placar colocando o Inter na frente, logo no início do primeiro tempo aumentando as esperanças da torcida. A macaca foi inferior durante os primeiros 45 minutos, levando poucas chances de perigo ao gol de Danilo Fernandes.

 

C:\Users\Denise\Documents\Blog\inter2.png

Foto: Globo Esporte

Na volta para o segundo tempo Eduardo Baptista resolveu ousar, substituiu o zagueiro Douglas Grolli por Rhayner e Felipe Azevedo por Wellington Paulista, melhorando assim o setor ofensivo e obrigando o time a jogar no ataque.

Não demorou muito pras mudanças fazerem efeito e em cobrança de escanteio, Danilo Fernandes não conseguiu segurar o cabeceio do zagueiro Antônio Carlos.

Um destaque em particular, Wendel parece ter acertado sua posição na macaca. Jogando como zagueiro, foi destaque na partida de ontem ao lado do autor do gol, Antônio Carlos. De acordo com a imprensa, o zagueiro obteve uma nota 7,0.

A Ponte Preta ocupa a 12ª posição com 46 pontos e matematicamente não corre mais risco de rebaixamento, e busca talvez, quem sabe, uma vaga para Sul Americana. Faltando apenas três rodadas para o final do campeonato, a Macaca volta a campo no próximo domingo, no Estádio Moisés Lucarelli, às 17h00 para enfrentar o Fluminense que briga ainda por uma vaga no G6. E lembrando também do jogo conturbado ainda no primeiro turno, no Rio de Janeiro, não se pode esperar uma partida fácil.

Anna Leticia Beck