EQUIPE DO FOZ CATARATAS/CORITIBA LEVA GOL NOS ACRÉSCIMOS E PERDE PARTIDA.

 

 

"A equipe do Foz Cataratas/Coritiba tem empate nas mãos até os 48' minutos do segundo tempo"

 

A equipe das Iguaçuenses foi até Araraquara no Estádio Fonte Luminosa nesta quarta-feira​ (24) enfrentar a equipe do Ferroviária. Em busca de mais três pontos e conseguir se manter na tabela entre os quatro que irão se classificar para a próxima fase do Brasileiro Feminino A1, mas acabou sofrendo um revés nos acréscimos e acabou deixando escapar um ponto.

 

Foto: Christian Rizzi.

 

SOBRE O JOGO.

 

A equipe do Ferroviária mostrou a que veio logo no início do jogo. Aos 4' minutos, Raquel passou pelo meio campo, ficou de frente com Quézia e marcou o primeiro gol. A equipe do Foz Cataratas/Coritiba ficou na retranca e queria apostar no contra ataque, o que acabou não dando muito certo, pois a Ferroviária dominava a partida.

No final do primeiro tempo, aos 46' minutos, falta para a equipe do Foz, na cobrança, Priscila mandou pra área, Bruna desviou e Camila fez o gol de empate.

Já no segundo tempo, a equipe Iguaçuense tomou um gol no início, desta vez aos 2' minutos e novamente gol de Raquel, deixando o Ferroviária na frente da partida. Sabendo que precisava da vitória ou até do empate, a equipe do Foz foi pra cima, e chegou ao empate aos 37' minutos quando Rafaela sofreu pênalti, quem cobrou foi Vero e empatou a partida novamente.

Quando tudo parecia já estar encaminhado, as meninas sofrem o revés, aos 48' minutos, falta para a equipe do Ferroviária, Raquel bateu com perfeição e conseguiu garantir a vitória para a equipe da casa.

A equipe precisava da vitória ou do empate, já que ocupava a quarta colocação do grupo B com 16 pontos. Com a derrota a equipe do Ferroviária que estava em quinto (com dois pontos a menos) passa a equipe do Foz, que vai para o tudo ou nada na próxima quarta-feira (31) contra o Santos. Em casa a equipe precisa vencer e ainda contar com uma soma de placares para conseguir se classificar para a próxima fase.

 

EM BUSCA DA CLASSIFICAÇÃO!

 

Por: Patrícia Moro.