ESCÓCIA E ARGENTINA DUELAM POR UMA VAGA NA FASE DE OITAVAS DE FINAL, NO MUNDIAL DA FRANÇA

 

Amanhã (19), Argentina e Escócia entrarão em campo em busca da redenção. Pela última rodada da fase de grupos da Copa, o jogo será às 16h. Quem terá a responsabilidade de apitar a partida é Hyang Ok Ri e os auxiliares são Kum Nyo Hong e Kyoung Min Kim.

Ainda há esperança para o Exército de Tartan por uma vaga na próxima fase da Copa do Mundo, mas para isso, tem que vencer a Seleção da Argentina amanhã, pela última rodada da fase de grupos. Será o jogo mais importante da Seleção Escocesa até então.

Cientes disso, equipe e torcedores estão conectados em um só lema: GANHAR O JOGO e as escocesas prometem lutar até o último minuto para conseguir este feito.

 

Escócia

Foto: Site oficial da Seleção Escocesa

 

A defensora Sophie Howard está confiante de que a Escócia pode vencer a Argentina e conseguir o seu objetivo no mundial.

"Mostramos que podemos atuar sob pressão. Nossa equipe luta até o final e acho que essa jornada não acabou para nós", declarou.

Howard confessou o quanto ela e o resto da equipe querem deixar a Escócia orgulhosa e que a classificação seria a melhor forma de recompensar todo o apoio que as garotas de Kerr vêm recebendo.l

"Mesmo que recebamos as mensagens de que orgulha a nação e conseguimos grandes coisas apenas chegando aqui, sabemos que podemos fazer melhor do que isso e não posso imaginar que essa jornada termine na quarta-feira. "Sabemos que esta é a nossa última chance, mas estamos empolgados com isso", finalizou a zagueira.

 

ARGENTINA

 As guerreiras em uma manhã de folga.         

(Fonte: @Argentina)

 

Após um começo de Copa do Mundo promissora, com um empate heróico diante do Japão, e a conquista do primeiro ponto na história dos Mundiais, a segunda partida foi dolorida, com uma derrota para a Inglaterra. O próximo adversário que é também daquelas bandas, é a Escócia. A Argentina ocupa a terceira colocação do grupo com apenas um ponto em dois jogos, e precisa urgentemente da vitória para que a classificação venha. A Albiceleste vencendo, poderá pela primeira vez chegar a fase mata-mata da competição.

Se buscarmos o histórico das outras vezes em que disputou a Copa do Mundo, todos os jogos de encerramento da primeira fase a Argentina saiu derrotada. Embora não tenha tomado gols, também não conseguiu balançar as redes adversárias.

Falando na falta de gols, a última vez que a Albiceleste conseguiu marcar um tento foi lá em 2007, quando no jogo contra a Inglaterra, Eva González fez nossa alegria. Já são 210 minutos que a lei seca de gols impera do nosso lado.

A confiança no triunfo é enorme por parte de todos. Florencia Bonsegundo deu entrevista e falou sobre o confronto de logo mais:

-"Podemos atacar a Escócia por ser direto e com rápidos contra-ataques. Temos jogadoras ofensivas importantes, que são rápidas. Esperamos que possamos melhorar e marcar primeiro”.

Durante a preparação para o embate contra as escocesas, os trabalhos realizados por Carlos Borrello eram principalmente visando o aspecto tático do jogo. Foram também realizados trabalhos de definição com as meninas.

Borrello inclusive, estuda  fazer duas mudanças em relação a equipe que começou o jogo passado, mas caso ele resolva mandar a mesma formação do jogo passado a campo, as onze serão: Correa; Sachs, Barroso, Cometti e Stábile; Bonsegundo, Bravo, Benitez, Mayorga e Banini; Sole Jaimes.

As possibilidades de classificação.

As Albicelestes possuem duas formas de avanço para a próxima fase. A primeira é assegurando o segundo lugar, precisando vencer as escocesas e torcer para uma derrota do Japão além de tirar a desvantagem no saldo de gols.

A segunda possibilidade será através da repescagem entre as terceiras colocadas. Nesse caso, a vitória já garante a classificação, pois quatro pontos irá garantir que o time esteja entre as quatro melhores entre as seis terceiras colocadas.

Existe ainda uma pequena chance de classificar com dois pontos caso a equipe empate a partida desta quarta, e torça para que Tailândia x Chile (grupo F) e Camarões x Nova Zelândia (grupo E) fiquem no empate.

Vai ser difícil, vai ser suado, mas vamos pelo milagre! A próxima fase é logo ali e precisamos apenas de um vitória simples para fazer história! Vamos meninas!

 

#SomosArgentina

 

Por Adri Domingos, Rosileide Ribeiro e Thaís Santos.