ESTÁ DIFÍCIL ABANDONAR O Z4

Nesta segunda-feira (22), a Chapecoense foi até o Estádio Morumbi enfrentar o São Paulo, em partida válida pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro. Ambas as equipes precisavam da vitória, o São Paulo a oito jogos sem vitórias,  e a Chapecoense tentando sair da temida zona de rebaixamento.

O Verdão do Oeste começou melhor a partida, e teve boas chances no primeiro tempo de jogo, e fez uma partida bem equilibrada, até então, o Tricolor Paulista saiu para o intervalo, vaiado por sua torcida, e parece que deu resultado. Com 10 minutos da segunda etapa, a partida já estava 3 x 0 para os donos da casa, e aí já era tarde demais para a Chape tentar uma reação, no fim da partida ainda deu tempo deles marcarem o 4º gol.

A Partida

A Chape optou por jogar nos contra-ataques e inicialmente deu certo, embora uma partida muito amarrada, aos 19’ após cruzamento, Arthur Gomes desviou de cabeça e Everaldo quase marcou, Volpi fez boa defesa com o pé. Aos 28’ foram os donos da casa quem chegaram bem, Pato fez bom passe para Antony, livre, mas Tiepo saiu bem e mandou a bola para escanteio.

Aos 32’ o Verdão desperdiçou mais uma boa chance, Camilo saiu cara a cara com Arboleda e tentou o passe, mas Arboleda se recuperou e tirou a bola. E o primeiro tempo terminou tudo igual no Morumbi, 0 x 0.

Foto: Márcio Cunha - A.C.F.

No segundo tempo, o técnico paulista mexeu na equipe, e Ney Franco também, tirou Camilo e colocou Campanharo, mas as alterações foram bem melhores para os paulistas. E logo aos 3’ Everton (que tinha acabado de entrar), cruzou para Antony que de cabeça abriu o placar, 1 x 0.

E aos 7’ mais uma vez Everton, cobrou lateral para Toró, que fez uma bela finalização e ampliou o placar, 2 x 0. E inacreditavelmente aos 10’ Gum errou o passe, Raniel bem postado roubou a bola, saiu do Tiepo e fez o terceiro dos paulistas, 3 x 0.

Sim, a Chapecoense tomou 3 gols em sete minutos, o que dizer? As alterações do adversário foram extremamente eficazes ou a gente que voltou desatento para a segunda etapa?

Foto: Márcio Cunha - A.C.F.

A partida seguiu, Ney Franco tirou Renato Kayzer e colocou Alan Ruschel. A equipe até melhorou e teve algumas chances, sem efetividade, com Douglas e Everaldo. Até que aos 20’ o gol saiu, Gum aproveitou cobrança de falta e de cabeça mandou para o gol, mas o VAR (sempre o VAR), anulou alegando impedimento de Gum, que lógico, não estava.

E aos 46’ o São Paulo fechou a conta, Igor Vinicius cruzou para Vitor Bueno, que de cabeça mandou para o fundo do gol, 4 x 0 e fim de jogo.

Alan Ruschel falou sobre os três gols tomados no início da segunda etapa. “Fomos derrotados nos 10 primeiros minutos do segundo tempo. Entramos desligados e sofremos três gols. O quarto foi consequência. Saímos para tentar o gol e tomamos. Não tem o que falar. Tem de baixar a cabeça, trabalhar e pedir desculpa ao torcedor. Vamos trabalhar para tirar a Chapecoense dessa situação”.

Com o resultado a Chapecoense está na 18ª posição com 8 pontos, na frente apenas de CSA e Avaí. A próxima partida da Chape será no próximo domingo (28), às 11h na Arena Condá.

 

Vamo, vamo Chape!

 

Kelly Cristine Janiro