Estádio do Café: um grande estádio para um time gigante

 

 

 

A praça esportiva foi palco de grandes emoções e colossais conquistas do Londrina Esporte Clube

 

 

 

O ano era 1976. A cidade de Londrina iria disputar o Campeonato Brasileiro da Primeira Divisão e para isto era preciso um estádio que comportasse a magnitude de tal façanha esportiva. O time da cidade, o Caçula Gigante Londrina Esporte Clube, novinho, afinal foi fundado em 1956, seguiria sua trajetória como um time nascido para fazer história nesse local. E assim foi feito.

O Estádio Municipal Jacy Scaff foi inaugurado em 22 de agosto de 1976. É de propriedade da Prefeitura de Londrina. Seu nome foi dado em homenagem ao presidente do LEC nesse período, um engajado gestor que buscava o crescimento do time e sobretudo, da cidade de Londrina. Nesse dia, mais de 50 mil pessoas compareceram ao Estádio do Café, apelido carinhoso recebido em virtude da época áurea do café na cidade, para acompanhar o LEC empatar com o Flamengo pelo placar de 1 a 1. O jogador Paraná marcou para o LEC, fazendo o primeiro gol do Café ser alviceleste. O Flamengo, que teve trabalho para empatar, tinha nomes como Zico, Júnior e Vanderlei Luxemburgo.

 

 

 

Blog Londrinense

 

 

 

Quase dois anos depois, o Estádio do Café recebeu a partida contra o Corinthians, jogo que marcou a história do local como a partida com maior público. Carlos Alberto Garcia, o Bem Amado, balançou as redes e nos deu a vitória em cima da equipe paulista. O público foi de 54.178 pessoas. A década de 70 foi especial para o alviceleste. Foi quando a equipe conquistou o quarto lugar no Campeonato Brasileiro em 1977, naquela campanha histórica. "Em 77, sensacional, todo o eixão passando mal". Período também em que deixamos de ser o Caçula Gigante para virar o Destemido Tubarão, apelido que representa nossa raça, coragem e força.

Voltando a falar do Cafezão, o  Estádio do Café foi palco de memoráveis conquistas do Londrina Esporte Clube: a Taça de Prata, em 1980; os Campeonatos Paranaenses de 1981 e 1992; a volta à série B em 2015 e mais recente o título de campeão da Copa Primeira Liga, de maneira invicta.

 

 

 

Robson Vilela

 

 

 

Por aqui também teve a presença da Seleção Brasileira, que disputou o Pré- Olímpico, em 2000.

 

 

QUEM ESTEVE NO CAFÉ CONTA SUA HISTÓRIA

 

O Estádio do Café é um lugar para viver intensas emoções. O consultor de vendas Thiago Costa, 33 anos, contou que seu momento inesquecível no estádio foi na virada histórica em cima do Furacão, pelo placar de 4 a 1, em 2014. Nesse ano, o Tubarão conquistou o tetracampeonato Paranaense.

 

 

"Para mim foi inesquecível esse dia, porque aquele dia acordei acreditando na virada, mesmo sabendo que seria tão difícil. A expectativa para a chegada da hora do jogo era gigante. Lembro-me de ter ido a pé da minha casa, no Jardim Bancários, sozinho, para o estádio do Café, na certeza de que iria presenciar uma virada inesquecível. Dito e feito: a virada histórica sobre os atleticanos, mesmo tendo saído atrás do placar. Muitos gritos e incentivos ao Tubarão até chegar no quarto gol e consolidar a vaga na final, que posteriormente nos deu o tetracampeonato estadual. Foi inesquecível", afirmou o torcedor alviceleste.

 

 

 

ESTÁDIO RAIZ

 

Longe da estrutura das grandes arenas do futebol brasileiro, o Estádio do Café apresenta estrutura modesta, mas nada que apague o brilho e a festa do torcedor alviceleste. Construído em formato de ferradura, ele está localizado no complexo esportivo da cidade de Londrina, local onde estão o Kartódromo e o Autódromo Internacional Ayrton Senna. Sua arquibancada é no concretão mesmo, onde milhares de torcedores empurram o time faça chuva ou sol. No setor coberto, as cores da cidade e do time se misturam. No "Chiqueirinho" - espaço destinado à torcida visitante - recebemos nossos adversários, rivais, fregueses, marmiteiros. História aqui não falta.

 

 

 

Blog Londrinense

 

 

 

Às vezes passamos uma vergonha nacional, quando o sistema de iluminação não ajuda, mas só às vezes. E de pensar que a inauguração do sistema de inauguração do Cafezão foi motivo de festa e destaque nacional. Um dia essa infraestrutura moderna nos  alcançará novamente.

Em datas comemorativas, o estádio do Café se ilumina: luzes nos celulares, bandeirão da torcida, mastros com as imagens dos nossos ídolos, sinalizadores, fumaça azul e muita festa. Eita, Estádio do Café.

Foi nesse lugar, que me apaixonei pelo Londrina Esporte Clube. Foi nesse lugar que vivi as emoções mais inexplicáveis, sejam elas de alegria ou de raiva.

Quando estiver em Londrina, venha conhecer o Estádio do Café. Fica a 4km da região central da cidade. Pertinho!

 

 

ESTÁDIO DO CAFÉ

AVENIDA HENRIQUE MANSANO, 889. PARQUE OURO VERDE.

LONDRINA - PARANÁ.

Capacidade: 30 mil pessoas.

 

 

 

"Vou torcer pro Tuba ser campeão

No VGD, no Cafezão".

 

 

 

Viviane Alexandrino, torcedora que gosta muito do estádio raiz do Londrina Esporte Clube.