ESTREANDO COM VITÓRIA

Encerrando a primeira rodada do estadual, nesta segunda-feira (19), as Guerreiras Grenás souberam se impor e levaram a melhor contra as Palestrinas

Em sua estreia pelo Paulistão Feminino 2020, a Ferroviária mostrou que não está para brincadeira e superou o Palmeiras pelo placar de 2x1. Os gols da Locomotiva foram assinalados por Aline Milene e Patrícia Sochor, enquanto Thaís descontou pelo Verdão.


Reprodução: Twitter @PaulistaoFem

Na primeira etapa de jogo as equipes se lançaram para impor seu ritmo de jogo, mas apesar de haver certo equilíbrio, a Ferroviária teve as melhores oportunidades, mantendo uma marcação forte e jogadas que fluíam bem pelas laterais. Inclusive, a primeira chance partiu de uma jogada individual da atacante Chú aos 5 minutos, onde a goleira alviverde Karen fez boa defesa, evitando o gol. Pouco tempo depois, a Rafa Mineira também arriscou para abrir o placar, mas sem sucesso no lance.

Foi por volta dos 28 minutos que a Aline Milene recebeu o passe na entrada da grande área, puxou para bater de perna esquerda e mandou a bola no cantinho superior do gol, abrindo o placar na Fonte Luminosa. Um golaço de respeito, diga-se de passagem.

O Palmeiras correu atrás e chegou a assustar a goleira Luciana, em lance de Rosana. As Palestrinas buscavam encontrar passagem pelo meio de campo, mas tiveram dificuldades. O jeito foi investir na bola parada e nos minutos finais, em cobrança de falta, Thaís desviou deixando tudo igual no marcador.

Final de primeiro tempo 1x1 em Araraquara-SP, ambas equipes cometeram erros e precisariam consertar isso para superar a equipe adversária. O Palmeiras visivelmente sentiu a ausência de sua camisa 10, Carla Nunes, que aparentemente foi poupada nessa estreia. Por outro lado, a nossa artilheira Sochor pouco apareceu nessa etapa.

Já no segundo tempo, a Ferroviária se mostrou superior e conseguiu realmente impor seu ritmo de jogo. Carol Tavares quase marcou o dela, mas a Karen fez outra boa defesa. A maior chance do Palmeiras foi com a atacante Bianca, aos 6’/2T.

Sochor, que quase não apareceu no primeiro tempo, foi quem ampliou aos 9 minutos. Em um cruzamento de Barrinha, a artilheira grená cabeceou sem dó para o fundo da rede. Essa mulher é INCRÍVEL, meus amigos!

Depois disso foi basicamente só administrar o placar, atentas a qualquer oportunidade de marcar o terceiro. Os dois gols afeanos resultaram de jogadas laterais. O técnico Ricardo Belli ainda arriscou uma maior ofensividade alviverde, mas o setor defensivo das Guerreiras estava bem organizado. 

Final de jogo 2 a 1 para as donas da casa, conquistando os primeiros 3 pontinhos no estadual. O próximo confronto da Locomotiva será fora de casa, na próxima quinta-feira (22), às 15h, contra o Red Bull Bragantino.

 

VAMOS, GUERREIRAS!

 

Por Amanda Oleinik

 

*Esclarecemos que os textos trazidos nesta coluna não refletem, necessariamente, a opinião do Portal Mulheres em Campo.