Estreia, apito amigo e reação.

Cruzeiro consegue reagir e empata com o Corinthians.

Nesta segunda (08), o Cruzeiro enfrentou o Corinthians no Pacaembu e o jogo ficou empatado por 1x1, mas mais uma vez a atuação da arbitragem teve destaque.

Sem Fábio, o escolhido por Mano Menezes para assumir o gol cruzeirense foi o jovem Lucas França, que estreou e teve uma ótima atuação. Contudo, em um erro da defesa, o adversário chutou, a bola desviou em Edimar e o jovem goleiro não conseguiu impedir o gol, logo aos 2 minutos de jogo.

No decorrer do primeiro tempo, vimos um Cruzeiro mais organizado, muito diferente do que víamos no início do ano e do campeonato, mas que precisava acertar o último passe. A equipe celeste conseguiu chegar muitas vezes ao gol e em uma delas Ramon Ábila foi atingido por Cássio dentro da área, mas o árbitro não marcou nada e ainda mostrou cartão amarelo para o argentino quando o jogador mostrou o sangramento em seu joelho, ocasionado pelo lance.

FOTO: superesportes.com.br

Apesar das reclamações e do erro, o jogo tinha que continuar, e o Cruzeiro não desistiu em nenhum momento, sendo nítida a vontade e raça dos jogadores em campo e um destaque foi Rafael Sóbis, que ajudava na defesa além de fazer sua função. O bom trabalho de Sóbis foi recompensado com o passe para Ábila que, de primeira, afundou a bola para o fundo das redes, empatando o jogo.

FOTO: Cruzeiro Facebook Oficial

Com a vontade e a garra que estamos vendo, juntamente com o excelente trabalho de Mano Menezes, em breve sairemos da situação incômoda na qual estamos. Basta respeitar os adversários, jogar com raça e contar com a torcida que jamais abandona o time.

#ReageCruzeiro

#EstamosComVoces

Por Greicy Santos

Curta Blog Mulheres em Campo