EU 5INCO MUITO, MAS AS MÃES ESTÃO ON

 

Foi um pouco mais de cinco meses sem disputar uma partida, podemos dizer que as sereias da vila estavam com muita sede de gols e, por isso, não pouparam a equipe do Audax, foi 5x0, com gols de Cristiane, Bia Menezes, Thainara, Thaisinha e Luana. 

Foto: Flávio Hopp

Dos cinco gols marcados pelo time da vila, quatro foram apenas no primeiro tempo. É inegável que o Santos voltou mais aceso do que nunca e briga fortemente pelo título. 

A partida 

Como já era de se esperar o time de Santos começou pressionando muito o Audax, aos 5 minutos ela, a matadora, conhecida também como Cristiane abriu o placar após cruzamento de Katielle. Aos 14 minutos, Bia Menezes arriscou do meio da rua e mandou a bola para o fundo da rede, ampliando o placar para 2x0. 

Uma vitória confortável, com menos de quinze minutos de partida, não foi o suficiente para inibir o avassalador ataque das sereias, que seguiram pressionando até que aos 19 minutos foi a vez de Thainara marcar um belíssimo gol, o terceiro do time da casa. 

Foto: Flávio Hopp

Aos 28, foi a vez da nossa camisa 10 Thaisinha (um dos destaques da partida) soltar uma bomba no ângulo, transformando a vitória em goleada por 4 a 0.

No segundo tempo, as sereias seguiram engolindo o Audax, mas dessa vez, as chances não foram revertidas em gols, pois a goleira Michelle do time visitante como um gato, fechou tudo. Mas, os esforços dela não foram suficientes para ofuscar o brilho da estrela das categorias de base do Santos FC. Poucos minutos após entrar em campo pela primeira vez como atleta profissional, a meia Luana, que foi promovida pelo técnico Guilherme Giudice nesta temporada, arriscou um chute da entrada da área e mandou na gaveta, anotando o quinto das Sereias e primeiro de sua carreira

Foto: Flávio Hopp 

O Santos segue invicto na competição, cinco jogos, cinco vitórias, dezesseis gols marcados e zero gols sofridos. Nossa próxima vítima, ou melhor, adversária é o time Avaí-Kindermann no próximo domingo (30), às 15h, no estádio Carlos Alberto Costa Neves, em Caçador (SC).

 

Por: Carla Sobrinho

 

*Esclarecemos que os textos trazidos nesta coluna, não refletem, necessariamente, a opinião do Blog Mulheres em Campo.