EU VOU TE LEVANTAR, TU ÉS O MEU AMOR, TE SIGO AONDE FOR.

 

O ASA recebeu o Campinense na tarde deste sábado, em Arapiraca, em partida válida pela terceira rodada da série D.

 

Foto: Pedro Fotógrafo

 

O Gigante sabia que só a vitória interessava, a torcida sabia que precisava ser o décimo segundo jogador em campo para que juntos, empurrássemos o elenco rumo a vitória.

 

A equipe do Campinense tinha perdido seu técnico, Francisco Diá,  e mesmo com tanta decadência, acreditava que era possível sim, tirar os 3 pontos do alvinegro.

 

Começamos o jogo levando sufoco, a equipe Paraibana pressionou e achou o gol, aproximadamente aos 9' minutos da etapa inicial. Após um cruzamento, Erivan que assinou o gol, no momento do banho de água gelada, ASA 0x1 Campinense...

 

A torcida não parou de cantar,  muito pelo contrário, nosso canto ecoava no estádio, nosso grito servia de incentivo e de pressão para o fantasma, afinal, derrota era o resultado que menos interessava.

 

Empurramos o Gigante e mostramos a força da nossa torcida, torcida essa que vem de tanto sofrimento, de tanta frustração, mas estamos sempre ali, 100% firmes, quando aproximadamente aos  21' minutos, também após um cruzamento, Luís Eduardo deixou sua marca, empatando tudo no Fumeirão, levando a torcida alvinegra à loucura. ASA 1x1 Campinense.

 

O Fantasma estava fazendo o dever de casa, a torcida, aah, essa nem precisa falar, compareceu em bom número  fez a festa, mas ainda precisava da vitória a todo custo..

 

Seguimos o baile, ou melhor, o jogo... Finalzinho de primeiro tempo, aquele aperreio danado, vendo o time sem conseguir finalizar, quando pela honra e glória do Senhor, aos 45 do segundo tempo, literalmente, a virada veio, Thauan conseguiu ampliar e deixar o ASA um pouquinho mais confortável para descer para o vestiário. ASA 2x1 Campinense.

 

Depois de 3 gols no primeiro tempo, vamos para a segunda etapa de jogo...

 

As equipes voltaram sem muita empolgação, mas a equipe mandante ainda tentou ampliar o placar algumas vezes, porém, sem sucesso. O placar ainda era assustador, pois sabíamos que em qualquer vacilo, eles podiam igualar, mas para nossa felicidade, o jogo acabou, garantimos os três suados pontos, pulamos para a segunda posição do grupo e iremos encará-los novamente na próxima semana pelo jogo da volta.

 

Como diz a letra da música do GIGANTE: EU VOU TE LEVANTAR, TU ÉS O MEU AMOR, TE SIGO AONDE FOR...

Eu estive contigo nas glórias, estive e estou nas piores e com certeza estarei contigo quando alçares os voos inimagináveis.

 

Por: Arielly Soares, torcedora do ASA GIGANTE