Exigimos respeito!

Cruzeiro perde mais uma vez em casa

Nessa segunda (11), o Cruzeiro recebeu o Atlético- PR, no Mineirão, em uma partida marcada pela estreia de Sóbis e Edimar, além da presença do técnico da seleção, Tite. No primeiro tempo vimos um jogo que dava gosto de assistir, o torcedor logo se animou quando saiu a escalação, já que se tratava de um baita time no papel. No decorrer da etapa inicial vimos a evolução da equipe, foram 15 finalizações do Cruzeiro, com o time atacando e defendendo bem, os jogadores tranquilos, pensando bem na construção de jogadas. Mas era bom demais para ser verdade e de um sonho passamos para um pesadelo.

Apesar da boa estreia, Sóbis não consegue marcar.

FOTO: Facebook/ Cruzeiro Oficial

O segundo tempo começou com um Cruzeiro semelhante ao do primeiro tempo, mas as insistentes falhas, os erros de pontaria e o goleiro adversário não deixaram que o gol saísse. O time paranaense começou a gostar do jogo, mas o Cruzeiro ainda conseguia defender e atacar, e foi então que aos 20 minutos, depois de uma falha grotesca de Bruno Rodrigo, o time do Atlético-PR abriu o placar. Depois disso o time celeste não conseguiu reagir e após dois minutos tomou mais um gol. O time teve poucas oportunidades e a mais perigosa foi com Allano, que entrou no lugar de Cabral. Com o nervosismo dominando e a torcida vaiando as mudanças de Paulo Bento, o time celeste tomou outro gol e perdeu, vergonhosamente, mais uma em casa.

FOTO: Facebook/ Cruzeiro Oficial

Não dá para entender o que acontece com a equipe celeste. Vemos o pior Cruzeiro de todos os tempos, pior mandante do campeonato, um time cheio de falhas individuais e onde se sente falta do poder coletivo. Não é o pior elenco do campeonato e é isso que deixa os torcedores com mais raiva, pois o que se vê é falta de vontade e nenhum poder de reação após tomar um gol. A equipe se mostra superior durante a maior parte do jogo, mas desperdiça chances e falha muito na zaga. Pedem apoio e a torcida abraça o time, coloca mais de 32 mil torcedores no estádio em plena segunda-feira, bate a marca de 76 mil sócios, mas os que estão em campo não retribuem.

FOTO: superesportes.com.br

Esse time não está merecendo a torcida maravilhosa que tem, a diretoria se esconde depois das derrotas, jogadores oscilam muito, o técnico apesar de ser muito bom é teimoso e não aceita opiniões. Falta honra, falta entrega e, acima de tudo, falta respeito ao Cruzeiro, que é um gigante. O torcedor é muito exigente, pois ama e não está acostumado a ver o time nessa situação.

Queremos respeito a essas cinco estrelas que vocês tem a obrigação de honrar!

Por Greicy Santos