Faça mais pelo clube, menos por você!

(Foto: Esporte.uol)
 
A beleza feminina que encanta as arquibancadas tem sido vista apenas como nada mais que beleza. As pessoas esquecem de ver a verdadeira face de uma mulher na arquibancada, que não é aquela que só vai quando é favorável a ela, mas sim que está lá realmente pelo time, não por si própria. 
 
É aquela que canta, grita e até xinga, está sempre presente tentando de alguma forma apoiar o time, que mesmo naqueles 43 do segundo tempo, 2 x 0 para o adversário não arreda o pé da arquibancada, continua acreditando, e mesmo com a derrota se faz presente no jogo seguinte.
 
As mulheres encantam as arquibancadas não só por sua beleza, mas principalmente por mostrarem que são mais do que rostinhos bonitos em meio a tantos homens, por mostrarem que futebol é sim coisa de mulher, e que algumas mulheres representam muito mais o seu time do que muito homem por ai.
 
A geração que vota na musa que mais se mostrar é a mesma que está matando o nosso futebol, a mesma geração selfie que vai para o estádio para bater foto e ficar no celular. As verdadeiras musas são as torcedoras que estão lá no dia-a-dia do clube, que estão por amor... 
 
Quem surge do nada apenas com a intenção de aparecer e some logo que acabam os tais concursos, não merecem carregar o simbolo de um time do lado esquerdo do peito. Não desmerecendo ninguém como pessoa, mas ser musa de um clube deveria ser uma escolha por amor, por vivência com o mesmo, não por status. Cada um sabe de si, e sabe quem realmente está lado a lado com o time, pois para representá-lo tem que fazer por merecer, não basta só querer ou fazer de conta durante as votações e depois abandonar tudo.
 
Uma musa de verdade deveria saber conquistar a torcida pela sua ideologia, por mostrar seu amor ao clube e querer representá-lo junto a tantas outras pelo mesmo motivo, por acreditar que as mulheres merecem levar o nome do clube no peito por motivos maiores do que estética...Por amor, por respeito!
 
Fernanda Andreazza