FALHAS BISONHAS DO SISTEMA DEFENSIVO, E A INCOMPETÊNCIA DO ATAQUE RUBRO-NEGRO, MARCARAM A DERROTA DO TIME CARIOCA

 

Foto: globoesporte.com

No maior clássico regional, Flamengo e Atlético Mineiro duelaram na noite de ontem, no Estádio do América, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro.

A equipe Carioca foi derrotada, após uma exibição pífia, principalmente na etapa complementar, que com um jogador a mais, conseguiu levar um gol, e para completar o fiasco, não conseguiu furar a defesa do time mineiro, nos quarenta e cinco minutos finais.

Se já não bastasse isso, tivemos que ouvir o digníssimo Abel Braga, defecar pela boca na coletiva de imprensa, após o jogo, dizendo que é um resultado normal.

Foto: globoesporte.com

"Jogou uma Florida Cup e ganhou, Taça Rio e ganhou, Carioca ganhou, só não ganhamos Taça Guanabara. Você perder para o Atlético aqui, como perdemos para o Inter lá, são resultados normais".

Com mais uma declaração dessas, o que falta para nossa diretoria tomar uma atitude? A Nação Rubro-Negra, não merece aturar um técnico que só fala asneiras e que não sabe utilizar da melhor maneira possível, o elenco que tem.

NÃO para o técnico, que depois de perder para o Inter, declara que é normal.

NÃO para o técnico, que declara que o Beira-rio é mais bonito do país, onde o clube tem o Maracanã como sua casa.

NÃO para o técnico, que fala Fluminense, ao se referir ao Flamengo (isso em várias).

NÃO para o único técnico, que acha normal perder fora de casa.

NÃO, para o Abel no Flamengo.

O JOGO

Imaginamos que ia dar ruim pra nós, quando vimos o zagueiro Rodrigo Caio, entregar o gol de mão beijada para a equipe mineira. Aos 28' minutos, Cazares abriu o placar para os inquilinos do América.

O Flamengo que havia começado o jogo bem, buscando o gol a todo momento, no qual era melhor na partida antes de levar o gol, empatou a partida três minutos depois.

Aos 31' minutos, Bruno Henrique recebeu a bola na esquerda, puxou o contra-ataque, fugiu da marcação, e bateu forte para empatar a partida.

Foto: globoesporte.com

Depois de empatar, e ficar com um homem a mais em campo, após a expulsão justa de Elias, chegamos a pensar que os "Deuses do Futebol", estava do nosso lado, e que iríamos voltar para o Rio de Janeiro, com os três pontos na bagagem. No entanto, o jogo tomou um rumo totalmente diferente.

Nos primeiros minutos da etapa complementar, tivemos a impressão de que o time carioca voltou dormindo pro jogo, onde mais uma vez, o sistema defensivo falhou miseravelmente, e viu os mineiros alterar o placar no Horto, com Chará.

A partir daí, foi ataque X defesa, e o desespero do time Rubro-Negro era nítido. Principalmente do técnico do Flamengo, que colocou todos os seus atacantes disponíveis em campo. O bombardeio na área dos mineiros não alterou o placar, mas não por falta de tentativas, mas sim, devido à má pontaria dos jogadores do Flamengo, e principalmente pelo goleiro Victor, que salvou a pátria do time mineiro.

SITUAÇÃO DO COLOMBIANO CUÉLLAR

No final do encontro com o time mineiro, Cuéllar dividiu uma jogada com o adversário e ficou caído, com dores. Quando levantou, tinha dificuldade para caminhar e correr e mancava muito.

O jogador realizou exames ainda em Belo Horizonte e não tem fratura no local, mas será reavaliado pelo clube na próxima segunda-feira para saber a gravidade do problema.

Esperamos que não seja nada grave.

 

TUA GLÓRIA É LUTAR, E A MINHA É TE AMAR.

 

Rosileide Ribeiro