Falta técnica? Vai na raça!

Sport 5 x 3 Santa Cruz. Quem vê esse resultado imagina que foi uma partida cheia de técnica e marcado pelo famoso “futebol-arte”. Mas não foi bem assim, o jogo foi marcado pelo o que pulsa nos rubro-negros desde o dia 13 de maio de 1905: A RAÇA.

Aos seis minutos do primeiro tempo, Keno abriu o placar para o Santa Cruz. E o Sport por três vezes foi parado pelo goleiro Tiago Cardoso. Na volta do intervalo, João Paulo acertou um chutaço e colocou o 2 x 0 no placar. Resultado que deixou muito ‘torcedor’ desacreditado e colocando os três pontos na caixa do adversário.

Mas, apesar da limitação, o Sport não se entregou. Em 15 minutos, Diego Souza mandou a bola na área do Santa Cruz, Durval apareceu livre e marcou o primeiro. Logo após quem mandou lançou na área foi o atacante Ruiz e o lateral Rodney Wallace empatou a partida.

A esperança rubro-negra durou 120 segundos, Keno mandou a bola na cabeça de Bruno Moraes, que marcou o terceiro do Santa Cruz.

O Sport começou a investir nos cruzamentos e em uma das tentativas, de cabeça, Ruiz marcou seu primeiro gol na Ilha. Novo empate e uma confusão de displicência absurda, Diego Souza e Derley foram expulsos. 

A partir daí os times partiram para o tudo ou nada. Enquanto o Santa Cruz ficou sentindo a ausência do volante, o Sport preferiu acionar Everton Felipe e Vinicius Araújo. Aos 44 e aos 46 minutos, ambos marcaram, em uma das maiores vitórias do Sport nos últimos tempos

mco_9315

Everton Felipe mostra a chuteira para a torcida do Santa (Foto: Aldo Carneiro (Pernambuco/Press))

Nem o mais otimista torcedor podia prever um duelo desse. O clássico denominado das multidões, foi mais um clássico das emoções. Além dos três pontos, o Sport também conquistou o simbólico Troféu Givanildo Oliveira, em homenagem aos 100 anos da disputa das multidões.

A vibração foi tanta que Diego Souza voltou do vestiário para comemorar e deixar um recado: "Aqui dentro, não!! Cantar de galo aqui dentro da minha casa, NUNCA!"

Com a vitória, Sport agora é o 13º colocado na Série A, com 30 pontos conquistados. Já o Santa, segue na 19ª colocação, com apenas 20.

Beatriz Cunha