FÉ NO PAI QUE A VITÓRIA SAI

 

Resultado de imagem para ponte x vila nova

(Foto: Diaonline)

 

Depois de algumas rodadas retrancados por Gilson Kleina e cansados de xingar, voltamos ao Majestoso com nossa figurinha repetida da vez. Mais uma vez, a nós torcedores, só nos resta apoiar e incentivar. A nossa Macaca é gigante e nossa torcida não pode se calar e nem se cansar. 

João Brigatti assumiu o time da Macaca após a demissão de GK e estreia contra o Vila Nova-GO, nesta quinta-feira (27), às 21h30 no Moisés Lucarelli, em partida válida pela segunda rodada da Copa do Brasil.

A obrigação e o peso da vitória fica ainda mais alto quando lembrado que o valor embolsado pelo clube em caso de classificação  é de R$1,5 milhão. A segunda fase é disputada também em jogo único e em caso de empate, a decisão ocorre nos pênaltis. 

Além do valor, de extrema importância aos cofres Alvinegros, a Macaca busca a vitória com intuído de se reconstruir no Paulista, onde apesar de classificada no grupo, segue a dois pontos da zona de rebaixamento na classificação geral. 

https://carlosbatista.com.br/wp-content/uploads/2018/12/20180806_Brigatti_APP-696x386.jpg

(Foto: Pontepress)

 

Brigatti encerrou a preparação com portões fechados e sem entrevista coletiva, mas ao que tudo indica, João deve priorizar o sistema defensivo com a entrada de Yuri e Danrley como titulares, diminuindo a exposição do time e deixando Apodi mais adiantado. 

A provável Macaca deve ir a campo com Ivan, Dawhan, Wellington Carvalho, Henrique Trevisan e Yuri; Bruno Reis, Danrley e João Paulo; Felipe Saraiva, Apodi e Roger. 

Os ingressos custam R$ 40,00 a inteira e R$ 20,00 a meia entrada e estão à venda nas bilheterias do Majestoso das 11h00 até os 15 primeiros minutos do segundo tempo. 


Ficha Técnica:

Ponte Preta x Vila Nova-GO

Copa do Brasil

Segunda Rodada

Quando: 27/02

Onde: Moisés Lucarelli

Hora: 21h30

Quem Apita: Ramon Abatti Abel

 

Na derrota ou na vitória, és amada Ponte Preta. 

 

Por: Anna Leticia Beck

 

*Esclarecemos que os textos trazidos nesta coluna não refletem, necessariamente, a opinião do Blog Mulheres em Campo.