FEMININO A2: NÃO DEU PARA AS MENINAS DA COLINA

 

Saudações, torcida vascaína!

 

Sexta-feira 13 e com ela vem a famosa pergunta: superstição ou realidade? Para as Meninas da Colina foi real, era dia de buscar a classificação para a próxima fase do brasileiro, porém o esforço não resultou em vitória.

O Vasco entrou em campo para enfrentar o Real Brasília e saiu derrotado pelo placar de 3 a 0.

 

Foto: Reprodução/CBF TV

 

SOBRE O JOGO 

O treinador vascaíno colocou em campo a mesma escalação da rodada passada, o Grupo E estava com os times embolados e sem definição das equipes que se classificariam, já era esperado que seria um jogo de fortes emoções e foi isso que aconteceu.

A primeira etapa começou com as donas da casa buscando o ataque, as meninas do Vasco marcavam bem e esperavam a oportunidade de um contra-ataque para tentar abrir o placar, mas quando recuperavam a bola não conseguiam dar prosseguimento nas jogadas. O comandante vascaíno gritava na lateral do campo para o time fazer marcação alta e fugir da pressão imposta pelas adversárias.

Depois da parada técnica as cruzmaltinas voltaram com outra postura, roubavam a bola no meio de campo e partiam para o ataque, porém, erravam muito nas decisões finais e apesar de estarem melhores em campo quem inaugurou o marcador foi o Real aos 46’ em uma bela cobrança de falta de Lana.

Para a segunda etapa o Vasco voltou com uma alteração, saiu Kaylane para a entrada de Anny. As Meninas da Colina não voltaram com a mesma pegada dos minutos finais do primeiro tempo e viram as adversárias crescerem na partida. Isa e Anny eram as mais esforçadas no ataque, na defesa vale destacar Índia que ganhava todos os lances, porém a lei do ex resolveu entrar em ação e Rhaizza ampliou o placar para o Real. 

O comandante vascaíno até tentou melhorar a equipe fazendo algumas alterações, mas esse segundo gol foi uma ducha de água fria. Era notável o abatimento das meninas que não conseguiram produzir mais nada em campo, em alguns lances até perderam a cabeça ao cometerem faltas duras contra as adversárias. O time da casa ainda teve tempo de marcar mais um gol de pênalti e com isso fechou o placar.

Com este resultado o Vasco ficou em quarto lugar com 7 pontos e está desclassificado do brasileiro feminino A2.

O time vascaíno é considerado uma equipe jovem, que perdeu para esses últimos jogos uma de suas principais jogadoras, é uma equipe bastante modificada pós-pandemia, então já era esperado que seria um campeonato difícil para as meninas. Temos a certeza que luta, determinação e esforço não faltaram, agora é levantar a cabeça e continuar trabalhando forte para que a recompensa venha no futuro.

 

Vamos meninas, estamos com vocês em qualquer momento!

 

Por Aniele Lacerda, colunista e torcedora do Gigante da Colina

 

*Esclarecemos que os textos trazidos nesta coluna não refletem, necessariamente, a opinião do Portal Mulheres em Campo.