Ficou no quase!

Imagem: Fonte Coritiba Oficial

A expectativa de todo torcedor do Coritiba, no segundo jogo da Primeira Liga diante do Grêmio, na noite do domingo (07), era de um bom jogo e sair de lá com a vitória, já que o time vinha de bons resultados no Campeonato Paranaense.

PRIMEIRO TEMPO

O jogo começou bem equilibrado. A bola rolava e a defesa dos dois times estava fechada. Aos 12 minutos, Dudu levou a pior, numa dividida de bola que o deixou fora de campo por alguns minutos. A primeira chance real surgiu com Juan, aos 15. O jogador mandou a bola pra área, mas muito alto. Em outra jogada, Juan aproveitou o lançamento do goleiro Marcelo Grohe e mandou de rebote pro gol, o goleiro do Grêmio defendeu com a cabeça.

Apesar do Coxa estar jogando uma boa partida, o Grêmio se deu bem aos 21 minutos. Wilson rebateu a bola curta para Amaral, que devolveu para o goleiro, sem perceber que Douglas estava ali. O jogador do Grêmio pegou a bola e mandou com tranquilidade no gol do Coxa, 1x0 Grêmio. Faltava apenas 1 minuto para o goleiro Wilson entrar no Top 10 goleiros Coxas Brancas... 1 minuto que fez com que Wilson não entrasse pra história do Coritiba.

Depois do gol, o time do Coritiba perdeu ânimo. O Grêmio jogava como queria e começou a criar chances de gol. A defesa do Coritiba estava atenta, e impedia uma chegada mais perigosa. O Coxa reagiu com João Paulo, Leandro e Negueba. Em cobrança de falta, João Paulo mandou a bola, mas o goleiro Grohe defendeu, e na sequência, Leandro arriscou pela esquerda, mas só conseguiu escanteio. Negueba também arriscou, recebeu de Leandro, e na hora da finalização mandou a bola muito alta.

Imagem: Coritiba Oficial

SEGUNDO TEMPO

O segundo tempo demorou um pouco pra começar, pois uma queda de luz na Arena do Grêmio fez com que a partida atrasasse alguns minutos. O Coritiba voltou melhor para a segunda etapa, e o Grêmio criava contra ataques, mas a defesa Coxa Branca estava bem atenta. Aos 14 minutos, Carlinhos chutou da grande área e Grohe espalmou. Na sequência, Dudu passou para Negueba, que chutou para fora do gol.

Wilson merece destaque por suas boas defesas. Aos 17 minutos, impediu a jogada de Douglas com o pé direito. Outra boa defesa foi na jogada de Éverton, onde o goleiro espalmou a bola e tirou aplausos da torcida.

Aos 30, Leandro, recebeu passe de Guilherme e mandou para o gol, empatando a partida, mas o gol foi anulado. Segundo o bandeira,  Leandro estava em posição de impedimento. Gol mau anulado, pois Leandro estava em posição legal. Um erro de arbitragem que prejudicou o time Coxa Branca.

Mesmo com a injustiça, o time do Coritiba buscou empatar a partida. Guilherme Parede levou perigo em dois lances, e em um deles, a bola bateu no travessão, assustando o goleiro Grohe. O fim do jogo foi todo com pressão do Coxa, mas sem tempo para muitos ataques, o jogo acabou em 1x0.

Com a derrota, o Coritiba leva pra casa a lição dos seus erros, e deve trabalhar para que isso não aconteça mais. Apesar do gol anulado injustamente, Amaral errou em um lance bobo e acabou entregando o ouro ao ladrão. O goleiro Wilson falou sobre o erro:

"A gente não podia errar daquela maneira ali. Tem que caprichar no passe na saída de bola ali é importante para não tomar esses gols novamente. Mas serve de aprendizado para que não se repita mais para frente. É um início de trabalho este ano. Ainda estamos ajustando a forma de jogar. Os jogadores que estão chegando aí se conhecendo melhor. A gente não quer errar, mas faz parte do início de trabalho. Com os erros, a gente acaba aprendendo", avaliou.

"Houve uma grande evolução. A equipe teve uma postura e uma personalidade aqui dentro, contra uma equipe que vai disputar Libertadores, que veio com força máxima. Em momento algum, deixamos o Grêmio gostar do jogo. Demonstramos isso, uma equipe aguerrida, que tentou compactar e que tentou jogar. Claro, nós tivemos erros, algumas tomadas de decisões foram um pouco equivocadas, e uma dessas até nos custou o resultado. A gente sabe que futebol é resultado, mas o Coritiba está no caminho, está começando a ter um DNA, uma equipe forte dentro e fora de casa. Tem que ser desta maneira, com esta qualidade", disse o técnico Gilson Kleina.

O Coritiba vai buscar trabalhar e melhorar os erros. A sua situação na Primeira Liga fica complicada, pois o time alviverde tem apenas 1 ponto e enfrenta o Avaí, no dia 10 de Março, no Couto Pereira. Já pelo Campeonato Paranaense, o Coxa segue 100% e enfrenta o Londrina na quinta (11), no Couto, pela terceira rodada.

VAMOS NÃO PARE DE LUTAR!

 

Patrícia Moro