Fluminense busca segundo triunfo no Brasileiro

Abel Braga garantiu que o Fluminense vai brigar até o fim do campeonato por cada palmo do campo, por cada bola

 

Com quatro pontos em três partidas, o Tricolor duela contra o Vitória neste domingo (6), no estádio do Barradão, às 16h, e finalizou sua preparação com um treino forte. Os jogadores se enfrentaram simulando situações de jogo. Abel Braga interrompeu o treinamento algumas vezes para orientar os comandados em campo.


C:\Users\Carla\Desktop\Blog MULHERES EM CAMPO\Brasileiro 2018\Fluminense x Vitóri\Abel Braga comanda o treino Foto de Lucas Merçon.jpg

Foto de Lucas Merçon


Depois do treino, o comandante falou com a imprensa sobre sua expectativa para o jogo e sobre uma possível escalação alternativa, onde poderia poupar alguns dos jogadores, por conta do jogo contra o Nacional Potosí, pela Copa Sul-Americana.

“Não vou poupar, mas existem dúvidas em relação a duas ou três posições que eu não vou arriscar. Já estou sem o Ibañez, se eu tiver problema com zagueiro, nem o Nathan e nem o Luan Peres podem jogar lá em Potosí. Mas não é poupar não, é porque estou sem o Ibañez. De repente não vou poder fazer a formação que eu uso e talvez tenha que mexer em outra posição para criar uma situação parecida. É complicado, então vamos pensar bem”, comentou.


C:\Users\Carla\Desktop\Blog MULHERES EM CAMPO\Brasileiro 2018\Fluminense x Vitóri\Foto de Lucas Mercçon.jpg

Time preparado para o combate. Foto de Lucas Merçon


Abel disse que o forte de sua equipe é o coletivo e que existe um grande mérito, uma força de vontade incomum, alma, competitividade e agressividade.

“Vai ser muito difícil, o Vitória dentro de casa é muito complicado. Está jogando de uma maneira diferente do ano passado, é uma equipe muito rápida no contra-ataque e na roubada de bola. Então, nós temos que ter muito cuidado. Estamos trabalhando muito essa semana com o campo reduzido, o toque rápido, porque se nós forçarmos uma jogada e perdemos a bola, isso pode custar caro. É um time de qualidade, treinado pelo Mancini. Jogar na Bahia é sempre difícil, mas estamos preparados”, argumentou.


C:\Users\Carla\Desktop\Blog MULHERES EM CAMPO\Brasileiro 2018\Fluminense x Vitóri\Pedro durante treino Foto de Lucas Merçon.jpg

Pedro durante o treino. Foto de Lucas Merçon


Segundo o técnico, o time vai jogar da mesma maneira, procurando o gol, com os laterais altos e sabe que o rival é uma equipe que está sempre atacando com quatro ou cinco jogadores.

“Temos que ter cuidado quando estivermos sem a bola. Tanto o Matheus Alessandro, quanto o Robinho tem feito bem esse papel. O próprio Marcos Júnior também vem ali e consegue, caso eu precise reformatar a equipe. O Dodi é um jogador diferente, e o Jádson foi quem fez o gol de classificação da Ponte Preta na Argentina jogando como meia, não como segundo volante”, disse.

Carla Andrade

Fonte: Site FFC