Fluminense enfrenta o Atlético-MG

Valida pela 11ª rodada, partida está marcada para às 16 horas, deste domingo (10), no Independência

C:\Users\Carla\Desktop\Blog MULHERES EM CAMPO\Brasileiro 2018\Fluminense x Atlético-MG Independencia\Foto de Merçon.jpg

Foto de Lucas Merçon

A delegação Tricolor embarcou para Minas Gerais na tarde deste sábado (09) depois de realizar seu último treino antes do duelo. Abel Braga teve os titulares em campo, já que no treinamento do dia anterior, os atletas que jogaram contra o Flamengo fizeram um trabalho regenerativo.

O técnico comandou um detalhado trabalho tático e simulou diversos momentos do jogo, trabalhando a marcação, a saída de bola e as jogadas ofensivas. Por fim, parte do grupo praticou cobranças de faltas e pênaltis.

O treino foi fechado para a imprensa e, com isso, o comandante não conversou com os jornalistas para adiantar que time deve entrar em campo contra o Galo. O que apurei é que o lateral-esquerdo Ayrton Lucas e o atacante Pedro foram relacionados e viajaram com o grupo. Pode haver novidade na escalação. Sem Marlon, suspenso, Abel pode optar pelo novato João Vitor, do Sub-20, na lateral-esquerda. Outra opção seria colocar Luan Peres na posição e, assim, Ibañez jogaria na zaga.

C:\Users\Carla\Desktop\Blog MULHERES EM CAMPO\Brasileiro 2018\Fluminense x Atlético-MG Independencia\Marcos Júnior está fora da partida Foto de Lucas Merçon.jpg

Marcos Júnior só volta a joga depois da Copa do Mundo

Foto de Lucas Merçon

Pablo Dyego, que levou uma pancada na região do quadril no jogo contra o Flamengo está sendo monitorado pelo departamento médico do clube e tem chance de ser liberado. Marcos Júnior realizou um exame de imagem na coxa que detectou um edema no músculo posterior. O atacante está em tratamento e só deve retornar após a Copa do Mundo.

Quem concedeu entrevista foi Gum. Ele afirmou que a última derrota não vai abalar o grupo e a meta é continuar entre os primeiros dentro da tabela do Campeonato Brasileiro.

“Dentro de campo, às vezes, a gente não consegue analisar bem os lances, no calor do jogo você tem uma visão diferente. No meu ponto de vista, eles foram superiores no primeiro tempo, mas no segundo foi um jogo mais igual. Nos ajeitamos, tivemos um crescimento dentro da partida, mas não conseguimos construir jogadas claras e fazer o gol. Ficamos chateados, porque é um resultado que não esperávamos, sempre jogamos para vencer”, disse.

C:\Users\Carla\Desktop\Blog MULHERES EM CAMPO\Brasileiro 2018\Fluminense x Atlético-MG Independencia\Gum Foto de Lucas Merçon.jpg

O capitão Gum em trabalho de musculação

Foto de Lucas Merçon

De acordo com o capitão, os jogadores estão focados nos próximos confrontos do Fluminense e ressaltou o nível de dificuldade do torneio, que provoca constantes reviravoltas na classificação.

“O Brasileiro é um campeonato duro. Vai ser duro até o final. Não dá para comemorar muito quando vence e também não dá para ficar lamentando muito porque não estamos com a classificação que queremos. Temos que encarar o Atlético-MG fora de casa no domingo e depois o Santos dentro de casa. Espero que o Fluminense possa ganhar esses dois próximos jogos”, comentou.

Por Carla Andrade

Fonte: Site do Fluminense