FLUMINENSE NA COPA DO BRASIL

Equipe enfrenta o Luverdense nesta quarta (03), às 19h15, no Estádio Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde

 

C:\Users\Carla\Downloads\47465063092_ae18019c6f_o.jpg

(Foto de Mailson Santana)

 

Essa é uma semana de jogos importantes para o Tricolor carioca, que a inicia com o duelo fora de casa válido pela terceira fase da Copa do Brasil, e depois enfrenta o Flamengo pela semifinal do Campeonato Carioca, no sábado (6).

Fernando Diniz já sabe que não poderá contar com Digão, Paulo Ricardo e o zagueiro Léo Santos, que se recupera de uma tendinite patelar no joelho direito. Nino deverá formar a dupla de defensores ao lado de Matheus Ferraz. Frazan volta de lesão. O técnico conversou com a imprensa depois do último treino. e falou sobre os desafios e projetou os confrontos decisivos.

“Será um jogo difícil em Lucas do Rio Verde, quem já jogou lá sabe que é um jogo atípico, o campo tem características particulares. Tem a questão da viagem, já estive lá e sei que é difícil. É só ver o histórico deles na Copa do Brasil, costumam fazer jogos complicados, eles tem um excelente treinador. Então, esperamos uma partida bastante dura”, comentou.

C:\Users\Carla\Downloads\40551772673_9d9a8cda81_o.jpg

Fernando Diniz orienta jogadores durante o treino

(Foto de Mailson Santana)

 

Ele aproveitou para deixar registrado seu descontentamento com as datas das partidas e disse que a viagem desgastante cansa os jogadores e isso influi no rendimento.

“O mais adequado seria que a gente jogasse no domingo e na quarta, pelos deslocamentos. Foi incoerente marcar o jogo para o sábado, até pelo apelo do clássico. E a volta contra o Luverdense ficou para terça, então, no sentido das datas, não fomos beneficiados”, destacou.

Sobre as opções para escalar o time, ele disse:

“Tem algumas possibilidades, a gente vai quebrar a cabeça para montar. Estou pensando em algumas alternativas para suprir a ausência do Airton. Vamos definir entre hoje e amanhã, vamos ver o que é o melhor para o Fluminense na partida”, analisou.

O treinador também projetou o clássico da semifinal do estadual.

“Acredito que aconteceu da melhor forma. Pelo campeonato que o Fluminense fez, o mais justo aconteceu, que foi de poder participar da semifinal e com chances de brigar pelo título do Campeonato Carioca. O Flamengo é um grande time, a gente jogou três vezes contra eles e todos foram jogos difíceis, está totalmente em aberto”, frisou.

 

Por Carla Andrade