FLUMINENSE VENCE LUVERDENSE E AVANÇA NA COPA DO BRASIL

 

3 banner

Foto de Lucas Merçon

 

Tricolor fez dois gols, Yoni González e Luciano, em partida embaixo de chuva torrencial no Maracanã

 

Definitivamente não foi uma atuação primorosa da equipe comandada por Fernando Diniz, longe disso. No entanto, o time conseguiu alcançar o objetivo de conquistar a classificação para a próxima fase da Copa do Brasil, num jogo onde o campo apresentou diversas piscinas por conta das fortes chuvas que assolaram o Rio de Janeiro. Chuva que, inclusive, fez a partida ser adiada. O próximo adversário do time será conhecido por sorteio da CBF.

 

Um dos destaques do jogo foi Luciano que a cada dia mostra ser peça fundamental no esquema de Diniz. Ele já fez onze gols na temporada e soube aproveitar uma brecha na defesa rival para garantir a vitória tricolor. No final da partida, ele disse: “Eu não seria nada disso sem meus companheiros e tenho que agradecer a eles por toda essa moral”.

 

O técnico gosta que seu elenco trabalhe a posse de bola e eles até conseguem seguir a orientação. O problema é que muitas vezes não sabem o que fazer com ela. Foi assim que o primeiro tempo desenhou-se, o Fluminense teve mais posse de bola e não soube criar jogadas ofensivas.

 

O elenco teve algumas oportunidades de marcar com jogadas de bola parada, como a falta cobrada por Luciano quase no final da etapa e que bateu na barreira.

 

C:\Users\Carla\Desktop\Yonny.jpg

Yony González fez o primeiro gol do jogo

Foto de Lucas Merçon

 

O primeiro gol veio no segundo tempo, aos três minutos, quando Everaldo lançou para Yony González na área e este subiu para cabecear. Pouco depois, Luciano girou e chutou a bola para defesa do goleiro rival.

 

Yony González tabelou com Gilberto aos 28, e arriscou de cabeça e a bola passou por cima da meta adversária. Aos 37 minutos, Luciano ampliou o placar, depois de receber passe redondinho de Allan, que teve ótima atuação.

 

No final do duelo, Fernando Diniz fez sua análise em coletiva de imprensa.

 

“O time foi bem emocionalmente hoje, não teve sustos. Uma partida difícil contra um time muito bem organizado, um excelente treinador que tem tudo para despontar no futebol. Lá a gente teve dificuldade para jogar, o campo foi adversário forte e hoje, com a chuva, o campo também passou a ser um adversário. No segundo tempo, a chuva deu uma trégua e a gente inaugurou o marcador, ficou mais fácil. A equipe está de parabéns, soube superar um adversário muito bem formado”, disse.

 

O comandante tricolor afirmou que seu time ainda precisa de ajustes e que isso é prioridade antes do início do Campeonato Brasileiro. Ele também comentou sobre a volta de Pedro ao elenco.

 

“Time nunca está pronto, está se aprontando, teve muitos desfalques no sentido de lesão, de jogadores que saíram, como o Ibañez, tem outros chegando. Então, o time está em constante melhora para poder acomodar todo mundo. Pedro vai voltar e isso é motivo de alegria para todo mundo, para o torcedor, para mim, para os jogadores.

 

É um jogador com nível de seleção brasileira, vai voltar e vai nos ajudar. Está muito bem nos treinos, está forte, motivado, agora é questão de não pular nenhuma etapa para ele voltar em condições plenas”, frisou.

 

C:\Users\Carla\Desktop\Flu x Luverdense copa do brasil foto Lucas Merçon.jpg

Luciano foi um dos destaques da partida

Foto de Lucas Merçon

 

Outro destaque do confronto foi o zagueiro Nino, que atuou com precisão ao lado de Matheus Ferraz. O técnico disse que ele é um jogador de potencial e tem correspondido plenamente ao esquema tático.

 

“Além de se adaptar facilmente ao estilo de jogo que eu gosto, tem bom passe. Mostrou ter a cabeça forte para suportar, principalmente nos clássicos, não sentiu, parecia veterano e hoje ajudou mais uma vez”, afirmou.

 

A vitória não foi a única conquista do Fluminense neste jogo. O clube receberá a quantia de R$ 1,9 milhões e isso equivale a praticamente metade da folha salarial do time profissional.

 

A torcida espera que o excelentíssimo senhor presidente Pedro Abad honre seus compromissos com a fidalguia necessária para um dirigente de um time com a tradição das três cores.

 

Deixo aqui todo meu amor aos 6.386 torcedores que compareceram em baixo de uma chuva torrencial ao estádio. Tudo para ver o seu grande amor jogar. Não é só futebol.

 

Carla Andrade