FOI HORRÍVEL, PARECIA VÁRZEA

No jogo mais feio do Paulistão 2020, Corinthians foi ao eterno salão de festas, mas ficou apenas no 0x0

 

O que dizer do Majestoso ocorrido neste sábado (15), no estádio do Morumbi? Um dos clássicos mais pavorosos que já vi em toda minha vida. Jogo morno, sem cara de clássico, com atuações pavorosas de ambas as partes e o pior placar possível.

 

Foto por Danilo Fernandes/Meu Timão


 

O Corinthians fez uma partida bem abaixo do esperado, levando em conta a necessidade de um fôlego novo após o desastre da última quarta-feira. Foram pouquíssimas finalizações, meio de campo perdido, defesa tendo que se virar nos 30 (Gil e Pedro Henrique, amo vocês!), Cássio fazendo milagre com a unha. 

 

Apesar da igualdade geral de desempenho, o São Paulo começou a partida tentando se impor e querendo colocar pressão. Aos 25 minutos, a defesa alvinegra chegou a ser vazada, mas um impedimento marcado pela bandeirinha manteve o placar em igualdade. O melhor momento do Timão, sem dúvidas, foi uma finalização de Boselli que Tiago Volpi tirou em um tapa em cima da linha, ainda no primeiro tempo.

 

Se a primeira etapa foi ruim, a segunda foi desastrosa. Com poucas chances de jogo, a equipe de Tiago Nunes se viu presa no meio de campo. A lei do ex quase se fez valer quando Pato ficou cara a cara com Cássio, obrigando nosso gigante a fazer uma belíssima defesa com a ponta dos dedos. O arqueiro ainda apagou as luzes aos 47, fazendo mais uma grande defesa em um chute de Bruno Alves. O placar terminou em 0x0, o jogo foi feio, o clássico teve cara de várzea e o sentimento é de gratidão à São Jorge por não ter sido pior.

 

Méritos totais à defesa do Corinthians que foi a melhor coisa dos 90 minutos (contrariando a filosofia do treinador) e salvou a pátria. Cássio, perfeito como sempre, merece o mundo. Pedro Henrique, Gil e Fagner trabalharam bem também. 

 

O Timão tem agora uma semana para se recuperar desse show de horrores. O próximo confronto é fora de casa, às 15h do próximo sábado (22), contra o Água Santa. Por ora, seguimos ocupando a segunda colocação do grupo D do Paulistão.

 

Vai, Corinthians!

 

Por Victória Monteiro, maloqueira e sofredora, graças a Deus!



 

*O conteúdo expresso nesta coluna não reflete, necessariamente, a opinião do Blog MEC