FOI NO SUFOCO!

Bahia vence Sampaio e assume a vice-liderança da série B

Ontem a noite não foi fácil para o grupo e nem para a torcida tricolor. A nação lotou a Fonte Nova e esperava que seu time vencesse o Sampaio sem grandes dificuldades, mas infelizmente não foi o que aconteceu.

O tricolor maranhense entrou em campo quase rebaixado, já o Bahia precisava se manter no G4. Nos primeiros minutos o time tricolor atacou, mas não fez boas finalizações. Ao decorrer da primeira etapa o Bahia caiu de produção e o Sampaio começou a gostar do jogo, o esquadrão estava muito ansioso, alguns jogadores não estavam nada bem. Juninho se machucou e deixou o campo. Bolas longas, bate e rebate, meio de campo vazio, e o jogo que parecia fácil se tornou uma dor de cabeça, para o técnico, para o grupo e principalmente para a torcida. 

Sem Juninho no meio de campo, o Bahia estava ainda mais perdido, Renato Cajá não produzia e foi substituído por Allano, que entrou em campo e deu um gás na partida. O Bahia levou alguns sustos e fez algumas finalizações sem chegar ao gol. 

Fonte: espn.uol.com.br

O juiz deu três minutos de acréscimo e a torcida não arredou o pé do estádio e teve seu presente. Hernane, que estava a 700 minutos sem fazer gol, recebeu a bola de Tiago e colocou para dentro da rede. Então houve uma explosão, 35 mil vozes gritavam (eu era uma delas), não tem palavras que explique essa torcida, essa emoção, esse amor. O cadeirão ferveu e o Bahia conseguiu mais três pontos e está na vice-liderança do campeonato. 

Ficha técnica

Bahia 1 X 0 Sampaio Corrêa 

Árbitro: Raphael Claus (SP)

Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (SP) e Rogério Pablos Zanardo (SP)

Cartões amarelos: Jackson (Bahia) e Allano (Bahia)

Gol: Hernane (Bahia). 

Bahia: Muriel; Eduardo, Tiago, Jackson e João Paulo Gomes; Renê Júnior, Juninho (Luiz Antonio) e Renato Cajá (Allano); Edigar Junio, Hernane e Victor Rangel (Misael). Técnico: Guto Ferreira. 

Sampaio Corrêa: Rodrigo Ramos; Mimica (Heverton),Wagner, Luiz Otávio e Esquerdinha; Éder Sciola, Diego Lorenzi (Copetti), Guilherme Lucena e Gustavo Marmentini; Edgar (Henrique) e Thiago Santos. Técnico: Flávio Araújo.

 

Por Milena Monteiro - Vamos subir esquadrão! 

Curta Blog Mulheres em Campo