Foi o suficiente...

Há quatro jogos sem ganhar, o Flamengo entrou em campo contra o América Mineiro com a obrigação de vencer fora de casa. Mais do que os três pontos, um triunfo contra o Coelho seria importante para o time que tenta se manter no G-3 e ainda sonha com o título brasileiro. O time de Zé Ricardo não fez a sua partida mais brilhante, mas jogou o suficiente para vencer por 1 a 0 e chegar aos 66 pontos.

Fonte: Globo Esporte

 

O gol da noite foi marcado por Everton, aos 32 minutos do segundo tempo. O meia balançou as redes justamente em seu retorno à equipe, após três rodadas sem jogar por conta de lesão muscular. O jogador se machucou na derrota contra o Inter. Curiosamente, nas três rodadas em que Everton não jogou, o Flamengo não conseguiu vencer. Empatou com Corinthians (2-2), Atlético Mineiro (2-2) e Botafogo (1-1), somando apenas três pontos em nove disputados.

 

Além de Everton, as novidades no time estavam na zaga, que foi formada por Juan e Donatti já que Rever e Rafael Vaz cumpriam suspensão. Paulo Victor foi o titular no gol, já que Muralha estava servindo a seleção. Apesar das investidas do Coelho, o arqueiro rubro negro conseguiu fazer boas defesas e garantir a vitória do Fla.

 

Fonte: Globo Esporte

 

Quando não pôde defender, Paulo Victor contou com a sorte. No início do jogo, Jonas cobrou falta, a bola bateu na trave e, no rebote, Nixon, sem goleiro chutou cruzado. A bola passou na frente do gol e saiu. O Flamengo não criou tantas chances. A melhor resultou no gol de Everton aos 32 minutos. No fim do primeiro tempo, o Flamengo criou com Diego, arriscando de fora da área, mas a bola subiu muito e foi para fora.

Na segunda etapa, o América mostrou que estava disposto a buscar o empate. Primeiro foi Michel, aos 6 minutos, que recebeu um passe e chutou forte, para a defesa de Paulo Victor. Michel novamente tentou, dessa vez de cabeça, mas o que ele viu foi o arqueiro do Fla se esticar todo para mudar a trajetória da bola que tinha como destino o fundo das redes. A melhor chance do Flamengo foi com Gabriel aos 27 minutos. O jogador recebeu passe na entrada da área e chutou forte. A bola passou perto do gol.

Fonte: Globo Esporte

O Flamengo tentava administrar a posse de bola, mas sem criar grandes oportunidades ou dar sufoco ao América. O time da casa, por sua vez, quando tinha a bola avançava com mais velocidade em busca do empate. Não adiantou. O Flamengo saiu vencedor e o América deixou o campo matematicamente rebaixado para a série B.

Por: Camila Leonel