FORA DO Z4. POR ENQUANTO!

Finalmente um bom jogo do Verdão do Oeste em meio às peladas das últimas rodadas. Com a pressão do Z4 assombrando os arredores da Arena, as críticas da torcida e a necessidade de mudar a situação atual, a Chapecoense mudou a postura de jogo e na partida direta contra o vice lanterna da competição, os donos da casa mostraram que não tá morto quem peleia e quando o calo aperta é hora de mudar a chuteira.

Certamente não foi o jogo épico da rodada, mas já serviu para deixar o torcedor mais animado e tranquilo. Após duas derrotas consecutivas fora de casa, o torcedor merecia soltar o grito de gol e comemorar uma vitória, a segunda do time alviverde neste Brasileirão.

A partida foi válida pela 8° rodada do Campeonato Brasileiro e ocorreu na noite de quarta-feira  (30/05) às 21 horas (horário de Brasília). Contou com a presença de 7.015 torcedores, um número relativamente grande se considerarmos as paralisações nacionais que afetaram diversos setores do país, principalmente na questão do transporte, e sem esquecer de mencionar a situação da equipe no campeonato tendo uma campanha instável e fraca. Mas torcedor que é torcedor está com o time até mesmo nas horas ruins, e foi exatamente isso que vimos na Arena Condá na noite de ontem.

Para a partida o técnico Gilson Kleina contou com a participação de: Jandrei, Apodi, Rafael Thyere, Douglas, Vinícius Freitas, Canteros (cartão amarelo aos 31’ do 1° tempo após cometer falta em Richardson), Márcio Araújo, Elicarlos, Arthur Caike  (substituído aos 25’ do 2° tempo para a entrada de Bruno Silva), Guilherme (substituído aos 14’ do 2° tempo para a entrada de Wellington Paulista) e Leandro Pereira (cartão amarelo aos 40’ por reclamação e substituído aos 42’ do 2° tempo para a entrada de Alan Ruschel).


(Foto: Divulgação / Chapecoense – página oficial Facebook)

 

SOBRE A PARTIDA:

Primeiro tempo de jogo e a Chapecoense se mostrou mais ofensiva e com bons toques de bola – se compararmos as últimas atuações da equipe no campeonato -; nada além do esperado de uma equipe que até então estava no Z4, precisando vencer e jogando em casa. Quem tem que mostrar atitude e ditar o ritmo inicial do jogo são os donos da casa mesmo, e foi exatamente o que o Verdão do Oeste fez, não diria que dominou o adversário, mas sim que começou melhor e atacou mais que o adversário, porém,  não conseguiu segurar o ritmo por muito tempo e teve uma queda no rendimento até o fim do primeiro tempo, o que poderia ter sido um problema, no entanto a equipe adversária também passa por dificuldades no campeonato e seu sistema ofensivo não conseguiu achar o caminho do gol. A primeira etapa de jogo terminou sem nenhuma equipe balançar as redes.

Para início do 2° tempo a Chapecoense não teve alterações, voltou com uma postura ofensiva e diferentemente do primeiro tempo, foi mais objetiva, manteve o ritmo e a boa troca de passes, levou mais perigo ao gol adversário, dominou o meio de campo e para a alegria do torcedor presente, abriu o placar aos 17’ com um gol de Arthur Caike, após o cruzamento de Wellington Paulista direito para área e o atual artilheiro da equipe cabeceou no fundo da rede.



(Foto: Divulgação / Chapecoense – página oficial Facebook)

 

Após o gol a equipe do Ceará até tentou uma investida para os lados da Chapecoense, porém sem sucesso, e para finalizar a noite da bela atuação do time do Oeste, aos 34’ Richardson cometeu falta em cima de Canteros próximo a área, e na cobrança o... mandou um belo chute por cima da barreira direto no canto superior do goleiro. Chape 2 x 0 Ceará.

A Vitória dentro de casa trouxe um ânimo para o torcedor que tem visto um time imprevisível atuando no campeonato, não é atoa que o time estava na zona do rebaixamento e recebendo duras críticas ao longo da semana. O que vimos na noite de quarta foi o time que o torcedor quer em campo, criando oportunidades, levando perigo ao adversário, boa marcação (apesar das falhas da zaga), um time que busca o gol e que quer a vitória.

No Brasileirão a Chape está invicta na Arena Condá, sendo 2 empates e 2 vitórias, contando com a partida contra o Ceará. O que o torcedor espera é que as atuações fora de casa sejam as mesmas que vem sendo apresentadas em casa, e se possível até melhor.

Com a vitória sobre a equipe do Ceará, a Chapecoense saiu da zona do rebaixamento e soma 9 pontos no Campeonato ocupando atualmente a 14° posição na tabela. Apesar de trazer uma tranquilidade, em 8 jogos disputados essa é apenas a segunda vitória do Verdão do Oeste. Avançamos um pouco na tabela, mas ainda podemos sentir a sombra do Z4; é melhor abrir o olho e não bobear pra estar no sufoco novamente.

 

Somos mais que 11... Somos #CHAPE

Ana Carolina Teixeira