FORTALEZA SEGUE PONTUANDO!

 

Neste domingo (24/11), o Fortaleza foi até o Beira Rio enfrentar o Internacional, em jogo válido pela trigésima quarta rodada do Brasileirão. O tricolor segue pontuando no Campeonato e ocupa a décima segunda posição com 43 pontos, segue também brigando pela permanência, e com uma esperança na Sul Americana (quem sabe?!).

(Foto: Globoesporte.com/CE)

 

Com algumas mudanças na defesa e utilizando um lateral na zaga, Ceni conseguiu fazer o jogo esperado, o time segurou o colorado, saiu à frente no placar e a partida foi lá e cá. Aos 7 minutos a resposta veio com Osvaldo que recebeu a bola de Romarinho, driblou e chutou cruzando, fazendo o primeiro gol da partida, deixando o placar por 1x0 para o FEC.

O jogo seguiu controlado, mas o Inter estava com a maior posse de bola, buscando o empate, quando aos 42’ Guerrero marcou de cabeça, deixando tudo igual 1x1. O lateral Carlinhos levou cartão amarelo e está de fora do próximo jogo.

No segundo tempo o tricolor veio logo com mudanças, colocou o Kieza (que é um a menos em campo) no lugar do Wellington Paulista. Os donos da casa ditaram a partida e seguiram com a maior posse de bola, sendo melhor na etapa final, e o Leão tentava aproveitar nos contra ataques, aos 26 minutos, Gabriel Dias acreditou no lance, tentou cruzar e no rebote Tinga (que é sempre criticado, e vem salvado sempre) marcou, nos deixando mais uma vez na frente Internacional 1x2 Fortaleza. Aos 37 minutos, mais uma vez de cabeça Paolo Guerrero deixou tudo igual 2x2.

(Foto: Globoesporte.com/ce)

 

O duelo seguiu tenso para nós tricolores, o time foi para cima, tentava, e logo o Inter respondia, até que Uendel colocou a mão na bola dentro da área e com muita reclamação do lado Tricolor, o juiz foi revisar no VAR e marcou o pênalti, mas Bruno Melo (que diz ser o batedor oficial de pênalti) bateu no canto direito e Lomba defendeu. 

O Inter ainda tentou, e nos últimos minutos fez pressão nos visitantes, mas o jogo terminou de 2x2. A Raiva é por ter saído sempre na frente e não segurar o placar, e o erro na substituição, colocando o Kieza em campo que só cai, e não faz nada. Mas empatar e pontuar na competição já nos deixa satisfeitos, e com os pés nos chão seguimos lutando em busca da permanência.

Agora os tricolores voltam para casa e se preparam para enfrentar o Santos, na próxima quinta- feira, na Arena Castelão, às 20h.

 

Por Dayane Maciel