Foste herói em cada jogo

 

Botafogo perde para o Barcelona de Guayaquil em casa, e segue na luta pela classificação da Liberta

 
 

Foto: Vitor Silva

 


Havia muita expectativa, estávamos invictos no campeonato, tínhamos a liderança. Ingressos esgotados para os principais setores, pessoas faltando provas para ir ao jogo, a expectativa da hora passar logo em um dia inteirinho. Teve treino aberto no dia anterior, teve família inteira viajando pra ver esse jogo. Tudo isso numa terça à noite pós feriadão.

A festa foi linda, mesmo às 21:45 horário que muitas crianças já estão na cama, o estádio estava rodeado delas. A arquibancada foi lindamente apresentada com cerca de 5.000 escudos do Glorioso, o escudo mais lindo do mundo, vale lembrar.

 


Foto: Vitor Silva

 


Mas ainda no primeiro tempo do jogo levamos dois gols. A torcida não desistiu, sequer desanimou, acreditamos na virada para o próximo tempo. Nos outros 45 minutos tivemos a esperança de ao menos um empate mas não acreditamos que iríamos perder a partida, o time estava ali, em campo, lutando. Sua torcida estava vibrando energia. Mas não, não foi o dia. Não vencemos.


– Pecamos na vontade. Queríamos muito a vitória, mas é levantar a cabeça. Esse não é o Botafogo. Não vamos ficar chorando. Vamos batalhar para conseguir essa classificação, disse Pimpão em entrevista ao Globo Esporte.


No futebol como na vida, não se é invicto sempre. Não se é líder sempre. Mas se pode ser herói em tudo que fizer sempre, como o Botafogo.     

O próximo  compromisso do Glorioso será contra o atual campeão da competição, o Atlético Nacional no dia 18. Antes disso, a equipe enfrenta o Grêmio pelo Brasileirão, no dia 14.                 


Por Tainá Medina