Galo recebe Flu para ficar no alto da tabela antes da Copa

Neste domingo (10), o Galo recebe o Fluminense no Independência às 16 horas. Depois de vencer o América na rodada da semana, o time entrará em campo para tentar manter-se entre os primeiros da tabela. Para isso, só a vitória vale, isso porque estamos falando do Campeonato Brasileiro — um time pode ir de 10º para 4º em apenas um jogo.

 

FOTO: Bruno Cantini / Atletico

 

Em entrevista para a TVGalo, Tomás Andrade, que fez seu primeiro gol da carreira profissional, falou que espera poder ajudar mais o time e que está treinando para isso. Além disso, ele ressaltou a posição atual do Galo na classificação do Brasileirão e disse que a vitória nos próximos jogos é essencial.

 

Na manhã deste sábado (10), no último treino antes da partida contra o Flu, a novidade no time foi a volta de Fábio Santos, que já cumpriu a suspensão pelo cartão vermelho aplicado no jogo contra a Chapecoense.   

Esta será a 11ª rodada do Campeonato e a penúltima antes da parada para a Copa do Mundo. Ganhando do tricolor carioca, o Galo Mineiro poderá ficar em segundo lugar ao final da rodada.

 

A escalação ainda não foi disponibilizada pelo técnico, ainda interino, Thiago Larghi. Mas, como precisamos ir com tudo para cima deles, temos que ter em campo toda nossa força. Com a volta de Fábio Santos, Juninho — zagueiro que foi improvisado na lateral — volta para o banco.

 

Com isso, a provável defesa contará com Leo Silva, Gabriel, Patric e Fábio, além de Victor no gol. No meio de campo, Cazares, Blanco e Adilson apoiam Luan e Roger Guedes para levarem a bola até o matador Ricardo Oliveira. E que venham os gols!

 

A arbitragem fica por conta de Flávio Rodrigues de Souza, Alex Ang Ribeiro e Tatiane Sacilotti.

Mais uma vez vale ressaltar a importância da vitória no jogo de amanhã para mantermos no alto da tabela antes da parada para a Copa do Mundo. O Galo volta em campo dia 13 de junho contra o Ceará e depois só na noite do dia 18 de julho para enfrentar o Grêmio, em Porto Alegre.

 

Vamos Galo!

Pelas mulheres no futebol.

Por Anna Gabriela