HALA MADRID

"A pressão, no Real Madrid, sente-se até num amigável qualquer. Somos favoritos como muitas outras equipas na Champions. Sabemos o que temos de fazer para começar bem", Zidane.

 

Nesta quarta feira (13), o Real Madrid fará sua estreia na sua competição predileta, a Champions League.

Os merengues são os atuais bicampeões e nessa temporada a ambição dos comandados de Zinedine Zidane é o inédito tricampeonato. Feito nunca conquistado por nenhuma equipe desde esse formato da Liga dos Campeões.

 

A última vez que um time conseguiu chegar tão alto foi há exatos 40 anos, o Bayern Munique, de Frank Beckenbauer, Gerd Müller, Sepp Maier, Uli Hoeness, Hans-Georg Schwarzenbeck ou Franz Roth foi o último a lograr tal proeza, ao vencer consecutivamente a antiga Taça dos Campeões Europeus em 1973/74, 74/75 e 75/76.

 

No entanto, muito antes, nas primeiras cinco edições do torneio (1955/56 a 59/60), o Real Madrid conseguiu o 'penta', numa altura em que tinha como grandes figuras a lenda Alfredo Di Stéfano e Francisco Gento, que ainda estaria no título de 1965/66.

 

O primeiro desafio do Real Madrid será diante do APOEL Nicósia, no Santiago Bernabéu às 15h45, horário de Brasília.

 

A estreia marca a volta de Cristiano Ronaldo ao time Madridista que ficou de fora dos últimos quatros jogos do Real Madrid. O português tem marcado nas últimas cinco estreias do campeonato. Sem falar que Cristiano Ronaldo é o maior goleador do torneio com 105 gols.

 

"Prefiro que o Cristiano esteja sempre conosco. Não podemos falar de dependência, o que quero é ter todos os jogadores à disposição e poder jogar. Não traz só gols, é um jogador importante do plantel, um líder que quer sempre ganhar, e transmite-o aos demais", disse Zidane, em coletiva de imprensa sobre a volta de Cristiano Ronaldo.

 

A grande novidade na lista de convocados para o duelo desta quarta feira, foi a ausência do jovem Asensio. O jogador não estava presente no último treino da equipe realizado nesta terça feira. O confronto frente ao APOEL contará com a volta do zagueiro Varene que está totalmente recuperado de lesão.

 

Já pelo lado do adversário merengue o atacante brasileiro naturalizado belga Igor de Camargo, do APOEL Nicósia, acredita em um bom resultado.

 

"Agora vamos aproveitar a partida e tentar impor o nosso jogo. Sabemos que não será simples pelo potencial do Real Madrid e porque jogamos fora do nosso estádio, mas acredito que poderemos sair com um resultado bastante positivo", declarou Igor de Camargo.


 

No outro duelo do grupo H, Tottenham e Borussia Dortmund sem Reus, Ginter

Raphael Guerreiro, porém, irá contar com o craque do time Aubameyang. Outros jogar que também vem se destacando na equipe neste início de temporada são; Burki, Bartra, Sahin, Gotze e Auba. Alemães e ingleses fazem o duelo decisivo para a disputa por uma das duas vagas classificatórias para as oitavas de final.

 

#QueremosOTetracampeonato

HALA MADRID

 

Rosileide Ribeiro