HEGEMONIA CORINTHIANA!

 

O Campeão dos Campeões fatura mais um Paulista, segue disparado na frente dos rivais e a pergunta que não quer calar é: se a 4º força venceu todos os rivais e se sagrou campeã, o que ela é ?

 

Pra não perder o costume, somos novamente campeões! Foto: Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians

 

Meus amigos, volte! Passada a ressaca do título, vamos falar da festa que teve como palco a Arena Corinthians ontem (07). A casa tava arrumada e a festa armada. Mais de 46 mil loucos, encheram as arquibancadas da Arena, para ver o primeiro título do estádio em mata-mata. Assim como dizia o bandeirão, a fé alvinegra exalava, e o canto das vozes ecoavam por Itaquera.

A “4º e a 5º força paulista”, entraram em campo numa reedição de duas finais. Sim, porque além de 77, o Corinthians enfrentou a Macaca, também para decidir o Paulistão de 79, e adivinhem quem foi o Campeão? Acertou quem apostou no mesmo campeão de 2017! O tempo passa e nada muda: Corinthians e Ponte Preta na final? é certeza de título para Fiel!

Já podemos pedir música no Fantástico não é mesmo?

Mas, se o Paulistinha, o Ruralzão for pouco para os antis que não cansam de chorar, o MAIOR CAMPEÃO do século se apresenta, e ostenta 14 títulos para calar a todos! O Corinthians em 7 anos ganhou mais troféus que o rival da Barra Funda (4) e o do Morumbi (9) juntos!

Caiu em Itaquera? Já era! E pela Glória do mais Fiel de todos- DEUS, a zica da Arena foi espantada em grande estilo, com título! Na base da raça, da união o Corinthians centrou suas forças no elenco e no miudinho, conquistou seu 7º título em 7 anos!

E num texto de frases prontas, fica aquela que muitos torcedores repetiram: não vimos Basílio, mas vimos Romero! Foi do paraguaio o gol do título e curiosamente em um bate rebate.

 

Pé de Anjo e Pé de Ángel! De 1977 a 2017! Bom dia, Fiel! Foto: Rodrigo Coca

 

O artilheiro da Arena foi a forra mais uma vez e fez a Fiel explodir, soltando o grito de campeão. 18 gols, e artilharia isolada!

A Ponte até empatou a partida com Marllon, mas já era tarde. O 28º Paulista, já tinha dono!

Em campo, o time de 77 dava uma nova volta olímpica, abrindo os caminhos para os novos campeões. Dizem que futebol e torcedor tem memória curta, mas ver Basílio, Vaguinho, Wladimir e companhia sendo exaltados, mostrou que no Corinthians o papo é outro!

 

É do Carille!

 

Quem diria que com apenas 38 jogos no comando do Corinthians, o contestado Carille seria campeão?

O ex-auxiliar, nunca foi desejo da cúpula alvinegra, foi um legítimo “tapa-buraco. Mas mantendo a característica defensiva, goleando por 1x0, Carille fez o básico, fechou a casinha, calou os críticos!

Em sua apresentação como técnico, ele disse:

 

- O torcedor do Corinthians pode esperar uma equipe muito organizada e com muita entrega. As linhas serão muito organizadas e a equipe compacta.

 

Carille quebrou a hegemonia de Mano e Tite. Foto: Corinthians

 

Era o fim da série de títulos de Mano Menezes e Tite! Desde 2009, somente os gaúchos conseguiram sagrar o alvinegro como campeão.

Quem parecia tranquilo demais, bancou o elenco e afastou as “ervas daninhas”. De jogador em 1995, auxiliar desde 2009 à campeão em 2017! Faça a festa Carille, tu és merecedor!

 

28 vezes campeão Estadual, 28 vezes Corinthians!

 

Por Mariana Alves, comemorando o Paulista sim!