Hora de virar a chave no Fla

 

Durante a temporada já deu para ver o Flamengo reverter gol levado no início do jogo (contra o Fluminense na final da Taça Guanabara, por exemplo), ou levar gol de empate, mas mesmo assim manter o ímpeto e sair com a vitória (contra o Boavista na abertura do Carioca). Mas contra o Resende, às 17h30, em Volta Redonda, pela Taça Rio, o time de Zé Ricardo vai ter que superar a dramática derrota de quarta feira na Libertadores, uma situação totalmente diferente para um time que ainda não havia perdido na temporada.

 

Mas não é a postura e a cabeça dos jogadores que irão mudar para que o time volte a vencer, o time que entrará em campo deve ser diferente, devido ao desgaste físico dos que jogaram de titular. Zé Ricardo fechou o treino, mas deve escalar Thiago, Rodiney, Juan, Donatti, Renê, Rômulo, Cuellar, Matheus Sávio, Mancuello, Vizeu e Damião.

 

 

17361798_1738543562829679_7011380673987611805_n.jpg

Foto: Facebook Clube de Regatas do Flamengo

 

Mesmo com o time formado em sua maioria por reservas, o lateral direito Rodiney garante que "o Fla entra para vencer. É assim que vamos levar até o fim do ano", disse em entrevista coletiva.

 

Uma vitória no Carioca, competição onde o time ainda está invicto não fará a torcida esquecer os questionamentos que ficaram evidentes na última quarta, mas uma vitória é sempre bom e viriam em boa hora, pois além de três pontos, traria tranquilidade ao Ninho do Urubu e à nação rubro-negra.

 

SRN!

 

Por Camila Leonel