ILUDE MAIS QUE ESTAMOS GOSTANDO

 

Gol, gol e mais gol. AH! Eu falei gol?

 

O Grêmio encarou na noite desta quinta-feira a Chapecoense na Arena Condá. A partida válida pela 5ª rodada do Campeonato Brasileiro terminou com o placar de 6 a 3 a favor do Tricolor. E foi tanto gol que vamos cumprimentar o rival com as duas mãos!

 

Foto: Lucas Uebel para Grêmio FBPA

 

O Tricolor foi a campo com Marcelo Grohe, Léo Moura, Rafael Thyere, Kannemann, Bruno Cortez, Michel, Arthur, Ramiro, Luan, Pedro Rocha e Lucas Barrios. E à disposição de Renato Portaluppi estavam: Bruno Grassi, Edilson, Bressan, Bruno Rodrigo, Maicon, Jailson, Kaio, Everton, Fernandinho e Beto da Silva.

 

O 1° tempo iniciou com movimentação e ataque de igual pra igual. O jogo começou meio mortinho até, mas aos 20 minutos a coisa mudou. Meio de susto, Michel lançou a bola em direção ao gol adversário, sem intenção de gol mas que virou um golaço, abrindo o placar em Chapecó. Não demorou muito pra ampliar o placar, Luan cobrou falta e lá estava nosso volante para cabecear ao gol, Michel fez o segundo gol da partida aos 25 minutos.

 

Foto: Lucas Uebel para Grêmio FBPA

 

Só que o adversário não estava nada feliz com esse resultado, então aos 33' a Chape descontou com gol polêmico. A arbitragem marcou falta de Rafael Thyere em Seijas, Luiz Antônio cobrou mandando direto ao gol, ninguém desviou e Marcelo Grohe pegou a bola em cima da linha, e mesmo assim o árbitro validou o gol. Tudo bem, a gente continuava ganhando, mas só vendo o replay do lance mais de uma vez para ter certeza de que tinha sido ou não gol e, num primeiro momento, não tinha não.

 

E se tu achou que o jogo ficaria assim, continua lendo este texto porque teve muito lance pela frente. Ahhhh! E muito gol.

 

No 2° tempo, Renato mexeu no time tirando Barrios, que estava sentindo desconforto e Everton assumiu seu lugar. Ele entrou e não demorou para mostrar serviço. Aos 14 minutos, quando tocou na bola pela primeira vez no jogo, ele recebeu lançamento de Pedro Rocha e por cobertura mandou pro gol sem chance de defesa, marcando o terceiro golaço gremista. E no minuto seguinte, foi a vez de Luan tocar para Everton que dominou, invadiu e marcou.

 

Foto: Lucas Uebel para Grêmio FBPA

 

Aos 27 minutos, os donos da casa tiveram pênalti a seu favor. Detalhe é que não tinha sido pênalti coisa nenhuma, porque nem por replay da jogada foi visto toque na bola para marcarem, mas enfim, Reinaldo cobrou e descontou. Mas, o jogo seguiu e nada como um lance após o outro.

 

O nosso menino Everton, entrou em campo inspirado e com sede de gol. Então, aos 36 minutos da segunda etapa, o Grêmio puxou contra-ataque com Luan que ficou de cara com a marcação, conseguiu passar por ela e tocou para Everton, que invadiu a área e mandou para o fundo do gol, marcando seu 3° gol e o 5° gol para o Tricolor.

 

Nosso adversário aos 44' conseguiu descontar com Arthur. Foi um minuto de alegria e alívio para a Chape. Mas, no lance seguinte respondemos à altura quando Luan ficou cara a cara com Jandrei e mandou a bola para o fundo do gol. Finalizando o jogo com o placar de 6 a 3. No decorrer do 2° tempo, Maicon e Edilson entraram no lugar de Pedro Rocha e Léo Moura.

 

Com o resultado do jogo, o Grêmio soma 12 pontos na tabela e assume a vice-liderança do Brasileirão.  

 

pasted image 0.png

Foto: Manoel Petry

 

A arbitragem ficou por conta de Rodolpho Toski Marques e ele foi auxiliado por Bruno Boschilia e Victor Hugo dos Santos. Sobre a arbitragem do jogo, fraca. Os dois times com um nível altíssimo de futebol e elenco e, tanto o árbitro quanto os assistentes, se deixavam levar pela pressão e não conseguiam se impor na hora de levantar cartão e marcarem falta/pênalti. Árbitros e assistentes que tem medo de apitar algum lance no jogo, não podem estar no lugar certo, porque o futebol é feito de regras e o torcedor exige postura e firmeza de quem comanda uma partida.

 

Mas gente, que jogo foi esse? Eu falei gol? Porque foram tantos gols, que enquanto você terminava de ler o texto, o Grêmio estava quase marcando mais um.

 

Foto: Lucas Uebel para Grêmio FBPA

 

Me ilude Grêmio, continua assim que eu tô gostando! Grêmio campeão e o iludômetro ligado a mil! Mas agora bem sério, com a equipe que o Tricolor tem e com a boa fase em que está, eu acredito que é um baita candidato a títulos no Campeonato. Seja no Brasileirão, na Copa do Brasil ou na Libertadores. Continuando com o entrosamento e aproveitando as oportunidades em cada lance nos jogos, a chance é grande sim, de ser campeão!

 

Queremos a Copa! Dalhe Grêmio! O iludômetro tá ligado e nós estamos adorando! Saudações tricolores!

 

Por Bethania Formighieri