INACREDITÁVEL FUTEBOL CLUBE

 

Faltando apenas nove rodadas para o fim do campeonato, a missão série A tem que voltar aos trilhos e somente vitórias nos interessam. O Fantasma conseguiu vencer e assombrar até santo, vencendo de virada com um belo gol de falta e gol de capitão.

O jogo que deveria ser marcado pelo seu belo gol agora está conhecido nacionalmente pelo gol mais perdido da história e eu já conto os detalhes.

 

Foto: Zé Tramontin

 

O JOGO

A partida teve início às 19h no Germano Kruger e foi válida pela 30° rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. O time sorocabano saiu na frente abrindo o placar logo aos 17 minutos do primeiro tempo com um cabeceio de Doriva.

O Operário estava sendo destruído pelo São Bento em Ponta Grossa até que Mailton resolveu empatar para o alvinegro com um belíssimo gol de falta, coisa que não víamos desde a primeira fase da Série C do ano passado quando Dione marcou contra o Joinville.

A virada poderia ter acontecido aos 24 minutos quando Cleyton recebeu sozinho e passou para Lucas Batatinha que estava em posição de impedimento.

O segundo tempo começou de um jeito bizarro, com um lance talvez jamais visto no futebol profissional. Um escanteio foi batido a favor do fantasma e Edson Borges, zagueiro alvinegro, recebeu sozinho e ele mesmo tirou da linha do gol. Os narradores, os torcedores, o goleiro do São Bento e todo mundo que viu ficaram assustados com o que viram e afirmaram que este foi o lance mais perdido da história. Tinha que ser do Operário mesmo.

 

Foto: Zé Tramontin

 

A virada chegou aos 28 minutos com o capitão da noite, o dono da braçadeira rosa era Marcelo que recebeu após uma lateral e mandou para dentro do gol.

 

Foto: Zé Tramontin

 

O próximo jogo do alvinegro será na capital paranaense contra o Coritiba, o time alviverde está na 4° colocação mesmo que com um jogo a menos, e o fantasma segue em 9° colocado agora com 43 pontos. O jogo será na quinta-feira (24), às 21h30m no Couto Pereira.

 

Não são 90 minutos! É uma vida inteira!

por Malu Rios