Inicio da saga do TRI

Sendo cabeça de chave do Grupo 8, nesta quinta-feira dia 9 de março, às 19hr30 (BSB), no estádio Agustín Tovar, o Grêmio enfrenta o Zamora da Venezuela, estreando a fase de grupos da Libertadores da América 2017.

Neste momento o plantel já se encontra na cidade de Barinas, tendo a delegação chegado à Venezuela por volta das 19hr30, (horário de Brasília) da última de terça-feira.  O time chegou ao seu destino em um vôo fretado de Porto Alegre, que fez escala na cidade de Manaus.

Dentre os jogadores que viajaram à Venezuela estão: Arthur, Bressan, Bruno Grassi, Cortez, Everton, Fernandinho, Jaílson, Kaio, Kannemann, Leonardo, Léo, Léo Moura, Lincoln, Luan, Lucas Barrios, Marcelo Grohe, Marcelo Oliveira, Michel, Bolaños, Rafael Thyere, Ramiro e Pedro Rocha.

Foto: Último treino antes da viagem/ Grêmio FBPA

Tendo em vista que o nome de Gastón Fernández ainda não está no BID e o clube corre para fazer o contrato com um zagueiro, a lista de 30 inscritos para o torneio será entregue apenas nesta quarta-feira, já tendo passado a data da inscrição, o Grêmio pagará uma multa de US$ 10 mil pelo atraso na mesma.

A parte mais triste e revoltante desta estreia, além da série de jogadores importantes que já constam no Departamento Médico do nosso time, é que não contaremos com Maicon, que se recupera de uma lesão muscular, nem com Geromel, sim, na estreia da Libertadores da América que sonhamos tanto com o TRI, não contaremos com nosso grande defensor.

O pior de tudo é saber que ele não estará na estreia, porque, inacreditavelmente sofreu uma fratura na costela, após cotovelada de Brenner no Grenal 412, numa jogada em que nem marcada falta foi.

É inadmissível aceitar que um lance normal de jogo, acarrete uma fratura em um jogador, sim eu disse uma FRATURA, inclusive, não é a primeira vez que tal fato ocorre em um Grenal. No 409, Bolaños teve o maxilar fraturado por William do Inter, logo aos 3 minutos de jogo.

Passado o momento de revolta, voltando à estreia da Libertadores em que somos o único representante do Rio Grande do Sul, já foi definido o árbitro da partida. O argentino Dario Herrera será o responsável por comandar o jogo do Tricolor. Herrera é árbitro da Fifa desde 2015 e mesmo tendo apenas 32 anos, tem ganhado espaço no cenário do futebol sul-americano.

Foto: Clima de descontração no vôo da delegação/Grêmio FBPA

O que esperar dessa Libertadores da América neste ano de 2017?

Nós esperamos o TRI! Nosso “iludrômetro” está sempre a mil, ainda mais agora que estamos em tempo de alegria. Tempo em que o sentimento de orgulho de ser gremista está renovado.

O campeão voltou, e agora, ainda mais calejado, ainda mais forte. Vale a pena cada segundo ao teu lado meu Grêmio. Valeram até os 15 anos que passamos, apenas perpetuando a tua linda história, tudo faz sentido agora.  

Um período ruim, um período de tristezas, vários jogos em que as lágrimas de amargura se fizeram presentes, mas que hoje é coroado com uma emoção tão grande, que poderia tornar o Grêmio ainda mais forte do que ele já era. Os campeões que tanto questionaram, tanto duvidaram hoje é o Rei de Copas! Por isso seguimos aqui, sempre acreditando que os títulos voltarão, e sempre contigo Grêmio, agora, rumo ao TRI da América. Que tenhamos um baita jogo de estreia!

Por Kamila Costha