Já eliminado, Atlético MG só empata com América em clássico.

(Imagem: Atlético-MG/Divulgação)

Pela Primeira Liga, nesta quarta-feira no Independência, o Atlético MG, já eliminado da competição após perder pro Flamengo e Figueirense, apenas empatou com o rival América por 1x1, com os gols de Dátolo e Rafael Bastos.

O técnico Diego Aguirre optou escalar o  time reserva, afinal, o jogo não tinha tanta importância e era apenas uma despedida do time alvinegro da competição. Já o América, chegou à 4 pontos e depende de uma série  de outros resultados para chegar a semifinal.

Com os reservas em campo, de titular só entrou o equatoriano Cazares. Quem não foi relacionado para o jogo, treinou pela manhã na cidade do Galo, entre eles, Robinho, que  está em trabalho especial para recuperar o tempo em que esteve parado. Por isso, pelo Galo não ter força máxima, o time americano foi melhor em campo, boa parte do jogo.

O JOGO

Antes mesmo de começar o jogo, a delegação atleticana teve problemas por causa de um protesto na rodovia MG10, que liga Vespasiano à Belo Horizonte, fazendo assim o time se atrasar para a partida. A delegação atleticana tomou um caminho alternativo e chegou faltando 55 minutos para a partida começar, tempo recorde para vestir os uniformes, aquecer rapidamente e o técnico passar as últimas  instruções.

Motivo plausível que possa justificar a desatenção do time atleticano no início da partida. O América vendo isso tratou de aproveitar e aos dois minutos já teve uma grande chance com Bruno Sávio que foi mais esperto que o zagueiro Edcarlos e o goleiro Giovanni, mas mesmo com o gol aberto ele finalizou para fora, perdendo assim uma grande chance.

Depois de falhar no primeiro lance, mas ter tido a sorte de não ter dado consequência. O goleiro Giovanni foi o destaque do Atlético, fazendo grandes defesas e contando com sorte mais uma vez na bola de Bruno Sávio que bateu na trave aos 43 minutos. Os reservas atleticanos também colocaram João Ricardo para trabalhar, no chute de Thiago Ribeiro que bateu na defesa americana, o goleiro teve uma ótima recuperação.

Apesar de tentar, o time alvinegro não levou tanto perigo ao gol americano, que apesar da igualdade no placar era o melhor em campo.

Aetapa complementar já começou com boas chances para as duas esquipes, com diferença de um minuto, os goleiros Giovanni e João Ricardo fizeram ótimas defesas. O ataque atleticano começou a ser mais eficiente e em um escanteio curto, mais precisamente numa jogada ensaiada, Dátolo tocou para Cazares, que tocou novamente para o argentino que chutou de fora da área, a bola desviou na zaga e enganou o goleiro. Assim aos 17 minutos, Dátolo abre o placar para o Atlético. Logo em seguida, o time atleticano teve outra grande chance com Patric, o goleiro João R. se esticou todo, assim fazendo a defesa.

Em uma saída errada do goleiro Giovanni, Rafael Bastos aproveitou, dominou e chutou a bola, encobrindo o goleiro atleticano sem chances alguma de defesa, fazendo um belo gol e deixando novamente tudo igual na partida  aos 23 minutos. Em menos de um minuto, o América quase virou o jogo, Rafael chutou de fora da área,  Giovanni defendeu e no rebote, Sávio cabeceou, mas o goleiro mandou para escanteio.

Aos 33 minutos, o zagueiro Tiago que já tinha  cartão amarelo, recebeu o segundo após acertar o rosto de Victor Rangel, recebeu o segundo cartão e foi expulso da partida, deixando o Atlético com apenas 10 em campo. O que parecia ser uma grande vantagem para o América, o técnico Givanildo colocou o time para frente, mas apesar de tudo isso o jogo não saiu do seu mero empate. O Atlético que já estava eliminado, apenas cumpriu a tabela de jogos, o resultado não fez tanta diferença para o mesmo. Já o América, praticamente eliminado, ainda tem chances na competição mas terá que  depender de resultados de outros jogos para permanecer na mesma.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-MG 1 X 1 AMÉRICA-MG

Data: 02/03/2016 (quarta-feira)

Horário: 19h30 (de Brasília)

Motivo: 3ª rodada do grupo C da Primeira Liga

Local: Independência, em Belo Horizonte (MG)

Público: 6.403 pagantes

Renda: R$ 85.500,00

Árbitro: Arilson Bispo Anunciação (BA)

Assistentes: Carlos Henrique Selbach (RS) e Lúcio Beiersdorf Flor (RS)

Cartões amarelos: Eduardo (CAM) Rafael Bastos, Jonas e Tony (AFC)

Cartão vermelho: Thiago (CAM)

Gols: Dátolo aos 18 min e Rafael Bastos aos 25 min do segundo tempo

ATLÉTICO-MG

Giovanni; Carlos César, Edcarlos, Tiago e Patric; Júnior Urso, Eduardo, Dátolo e Cazares; Hyuri (Gabriel, aos 34 do 2º) e Thiago Ribeiro (Pablo, aos 17 do 2º).

Treinador: Diego Aguirre.

AMÉRICA-MG

João Ricardo, Jonas (Ernandes, aos 37 do 2º), Alison, Sueliton e Bryan; Leandro Guerreiro, Pablo, Rafael Bastos e Tony; Osman (Maranhão, aos 41 do 2º) e Bruno Sávio.

Treinador: Givanildo Oliveira.

Eduarda Moreira