Jogando fora de casa, Paraná busca terceira vitória consecutiva

FOTO: Site oficial Paraná Clube

Na busca de pontos importantes, o Paraná Clube enfrenta o Bragantino neste sábado (02), às 16h (Horário de Brasília), no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro pela Série B. Sem chance para entrevistas, após vitória contra o Vasco na última terça-feira, o time paranaense foi para a concentração em um hotel-fazenda no município de Atibaia, a 26km do local da partida.

O técnico Marcelo Martelotte não conta vantagem após 2 vitórias seguidas e se mantém firme no propósito de chegar ao G4: "Na conversa pós-jogo falei que nós temos o direito de comemorar, mas temos que ter os pés no chão. Essa vitória não nos facilita em nada ou dá vantagem contra o Bragantino, é um jogo com característica diferente. Muitas vezes você olha a posição na tabela, e acha que vai chegar com facilidade, e não é asssim que acontece. Vamos ter outras dificuldades e temos que estar preparados para isso", alertou o professor.

Ainda com desfalques importantes, é preciso "quebrar a cabeça" para montar a equipe. Analisando o último jogo, Martelotte conclui: "O Rafael Carioca voltava de um tempo maior inativo, ele sentiu um pouco a partida, até porque sabíamos que defensivamente o jogo ia exigir dos nossos laterais. Não conseguimos treinar com ele, então foi muito na conversa e explicando o que queríamos. É um trabalho que temos que insistir para que haja uma evolução dele na marcação. Quando percebi as dificuldades coloquei o Claudevan e passei o Fernandes. A volta do Rafael nos dá muita qualidade e a gente fica satisfeito. Esperamos que os outros que estão no departamento médico possam voltar."

O zagueiro Pitty deve voltar, pois é considerado titular e apenas cumpriu suspensão após receber o terceiro cartão amarelo. Isso não agrada boa parte dos torcedores, que enchem de recados as redes sociais do time. Além de Pitty, Alisson fecharia a defesa. Leandro Silva deixaria a zaga, porém dificilmente sairia do time. Para o zagueiro, o plano poderia ser voltar à lateral-direita, no lugar de Diego Tavares, ou então retornar ao meio e formar dupla de volantes com Basso. Dessa forma Fernandes iria para a reserva, junto Lucas Otávio, que se recupera de lesão.

Nada muda do meio para frente. Nadson, continua no departamento médico e não viajou para Atibaia Com isso, a provável formação do Tricolor da Vila para encarar o Massa Bruta contará com Marcos; Diego Tavares, Alisson, Pitty e Rafael Carioca; Leandro Silva, Basso, Murilo e Válber; Lúcio Flávio e Róbson.
Que a Gralha Azul possa continuar comemorando do alto de seu ninho e a torcida continue apoiando, vestindo a camisa, assinando o sócio e comparecendo aos jogos.

A luta não para! Vamos subir!

Por Carla Eloiza Aguiar