Juventude empata com o Coritiba e avança na Copa do Brasil

(Foto: Juventude Oficial)

O Juventude foi até o Paraná enfrentar o Coritiba com vantagem após vencer no Alfredo Jaconi por 1 x 0. E apesar da enorme diferença entre os dois times, mais uma vez, o  Juventude mostrou que não precisa de milhões para se vencer um jogo, e com muita raça conseguiu a classificação após empate em 2 x 2, com gols de Roberson e Sananduva nos acréscimos. 

O primeiro gol do jogo saiu logo aos 9 minutos, quando um penâlti duvidoso foi marcado a favor do Coritiba e Kleber Gladiador marcou, dando esperança para os torcedores do Coxa, que com mais um gol iriam para a terceira fase. A vitória por 1 x 0 levaria a partida para a disputa de pênaltis. O jogo continuou bem disputado, com algumas boas chances para ambos os lados, e o primeiro tempo acabou com vitória para o coxa.

No segundo tempo o Coritiba continou buscando o segundo gol, mas foi o Juventude quem chegou lá aos 30 minutos, com Roberson, que aproveitou o ótimo cruzamento de Vidal e marcou. Com o resultado, o Coritiba teria que marcar mais dois gols para se classificar. 

O coxa ainda estava vivo na partida e marcou o segundo aos 45 minutos, com Alan Santos, e com os acréscimos, a esperança de conseguir a classificação aumentou. 

Porém, o Juventude acabou com este sonho quando já no fim dos acréscimos empatou o jogo, com Sananduva. A classificação para a terceira fase da Copa do Brasil ficou com o verdão do RS, que enfrenta na próxima fase o vencedor do confronto entre Operário PR x Paysandu. Mas antes disso, o verdão estréia no Brasileirão, pela série C, na segunda-feira (23), contra a equipe do Ypiranga, na Arena do Grêmio como mandante, pois o Alfredo Jaconi está com problemas no gramado.

Escalação
JUVENTUDE
Douglas Silva, Vidal, Heverton, Klaus, Pará, Wanderson, Lucas, Wallacer (Neguette), Felipe Lima (Sananduva), Bruno Ribeiro (Itaqui), Roberson.
Técnico: Antônio Carlos Zago

CORITIBA
Wilson, Dodô, Rafael Marques, Juninho, Carlinhos, João Paulo, Alan Santos, César Gonzalez (Jorge Ortega), Ruy (Negueba), Vinícius (Leandro), Kléber.
Técnico:  Gilson Kleina

ARBITRAGEM
Árbitro: Leandro Bizzio Marinho 
Auxiliar: Alex Ang Ribeiro e Daniel Luis Marques

Fernanda Andreazza