Juventude empata na estreia da série C


(Foto: Quentes da Jaconera)

O Juventude foi até Porto Alegre para a sua estreia na série C do Campeonato Brasileiro. Jogando como mandante na Arena do Grêmio contra a equipe do Ypiranga, a partida foi decidida apenas no segundo tempo, com gol de Bruno Ribeiro pelo Juventude e empate do Ypiranga no último minuto de jogo.

O Juventude precisou jogar em Porto Alegre pois o gramado do Alfredo Jaconi está sendo trocado justo na semana de estreia do verdão na série C. Baita mancada da direção! Jogando com campo neutro, pois afinal, as duas equipes estavam fora de casa, e apesar de estar a apenas 2 horas de Caxias do Sul, a torcida do Juventude foi em pouco número. Com um jogo fora da cidade, em uma segunda-feira ás 20h30 da noite, fica um pouco complicado, não é mesmo?

O JOGO

Mesmo jogando fora de casa, o Juventude honrou seu mando de campo e literalmente mandou na partida durante o primeiro tempo, levando perigo constante para o Ypiranga. Aos 9 minutos, Felipe Lima efetuou a primeira finalização, em chute de fora da área que quase entrou no ângulo. O Ypiranga respondeu com Danilinho em cobrança de falta, mas Douglas Silva voou no alto para defender.

Aos 17 minutos, foi a vez de Pará, que também experimentou de longe e quase marcou um golaço. Aos 21 minutos, Vidal recebeu livre na direita, avançou e chutou cruzado, para fora. Aos 38, o goleiro Carlão, do Ypiranga, saiu jogando e por um descuido colocou a bola nos pés de Wallacer, que avançou e chutou prensado, em outra boa oportunidade. Um primeiro tempo de boas chances para o verdão, mas nenhum gol.

No segundo tempo o Juventude seguiu melhor em campo, com mais finalizações, mas o Ypiranga começou a tentar se impor no jogo. Aos 5 minutos, Wallacer desceu pela esquerda e cruzou para o atacante Hugo, novo reforço que estreou logo no primeiro jogo. Hugo tentou a finalização, mas cabeceou por cima do gol. O verdão seguiu dando trabalho para a defesa adversária, e aos 9 minutos, em grande jogada e cruzamento de Pará, a zaga de Erechim quase marcou contra. Na sequência, Bruno Ribeiro experimentou de fora da área e Carlão defendeu em dois tempos.

Aos 22 minutos, em jogada pela esquerda Wallacer efetuou cruzamento perfeito nas costas da defesa, Bruno Ribeiro ingressou e finalizou com categoria, sem chances para o goleiro, marcando o primeiro gol da partida que parecia já garantir a vitória da equipe alviverde. Mas em contra-ataque o Ypiranga marcou o gol de empate, já nos acrescimos com João Paulo.

Juventude

Douglas, Vidal , Klaus, Heverton, Pará, Vacaria, Sananduva (Sassá), Bruno Ribeiro, Wallacer (Lucas), Felipe Lima, Roberson (Hugo Almeida).

Técnico: Antônio Carlos Zago

Ypiranga

Carlão, Márcio, Negretti, Gustavo, Sander, Jessé, Robson (Rafael), Danilinho (Léo), Mikael, João Paulo, Maycon (Lucas Drama).

Técnico: Leocir Dall'Astra

Arbitragem

Árbitro: Jean Pierre Gonçalves de LimaAuxiliares: Alexandre Kleiniche e Mauricio Coelho Penna

por Fernanda Andreazza