Juventude remou, mas voltou para Caxias do Sul com a liderança consolidada

Equipe gaúcha conquistou o empate e continuou no topo da tabela

 

Juventude segue na liderança, com 18 pontos

(Foto: Disponível no twitter @SerieC_)

O alviverde foi até Belém enfrentar o Remo, pela segunda rodada do returno. Os comandados do técnico Marquinhos Santos dominaram a primeira etapa, mas levaram pressão na segunda e, com isso, voltam para a Serra Gaúcha com um ponto conquistado. 

O Juventude foi a campo com: Marcelo Carné, Lucas Mota, Diego Ivo, Sidimar, Felippe, Rafael Jataí, Aprile, John Lennon, Denner, Bruno Alves e Dalberto. 

O Juventude até tomou pressão do Remo, nos primeiros minutos da etapa inicial, enquanto estudava o adversário. Mas isso ocorreu apenas no começo. Depois que entendeu o posicionamento do Remo, o time gaúcho começou a gostar do jogo.

O Ju tentou com Bruno Alves e Denner, duas bolas na trave. Teve também uma belíssima cobrança de falta, novamente do camisa 10, que quase encobriu o goleiro Vinicius. Entretanto, o guapo conseguiu posicionar-se de forma correta e ficou com a bola.

No primeiro tempo, foram cinco cartões amarelos, sendo três para o Juventude: Felippe, Rafael Jataí e Aprile. A arbitragem não poupava a advertência e esse poderia ser um problema na segunda etapa. Poderia, mas não foi! 

Na etapa complementar, o Juventude preocupava-se mais em defender do que atacar. A equipe pouco criava e, em decorrência disso, não assustava a defesa do Remo. 

Quando exigido, Marcelo Carné não decepcionava. Nos minutos finais, a equipe da casa fazia o que podia, mas isso não era o suficiente para furar a defesa alviverde. Com isso, o empate sem gols prevaleceu. 

Opinião:

Na primeira etapa, depois que entendeu o jogo do Remo, o Ju conseguiu dominar a partida. Era um visitante jogando como mandante. A equipe tinha mais chances claras de gol e empolgava mais o torcedor.

Infelizmente, no segundo tempo, o alviverde não conseguiu manter o ritmo e o empate acabou sendo um bom resultado. Há de se ressaltar que as cobranças de falta estão melhorando e isso pode ajudar muito o Ju daqui para frente. 

Os comandados de Marquinhos Santos estão empolgando! Quem entra vai bem e isso até acirra a competição pela titularidade. O exemplo recente fica por conta de Felippe, que voou diante do Luverdense e hoje começou entre os 11, mesmo com o experiente Eltinho à disposição.

Quem diria que depois de tantos problemas nas laterais, teríamos tantos bons jogadores: Vidal, por mais que ainda seja criticado por muitos, melhorou consideravelmente e faz uma dupla impecável com John Lennon. Lucas Motta, o substituto dele, também faz belos jogos e não deixa a desejar. Na esquerda, Felippe e Eltinho são igualmente ótimos! Que satisfação!

Situação da tabela:

O Juventude permanece na liderança, com 19 pontos. A vice-liderança ficou com o São José, com 17 pontos, que conquistou o empate com o Luverdense, no Passo das Emas.

O Remo, por sua vez, ficou na terceira colocação e o Paysandu na quarta, ambos também com 17. Por fim, o Ypiranga está na quinta colocação, colado na zona de classificação. 

Próximo confronto:

No próximo sábado (13), o Juventude enfrenta o Paysandu, no estádio Alfredo Jaconi. A partida começa às 19h15 e terá transmissão da rádio Caxias.

 

Por: Carol Freitas