JUVENTUS VENCE E REINA ABSOLUTA NA LIDERANÇA

https://www.juventus.com/media/images/news-images/2018-19/partite/match_juve-empoli_30-03-19.jpg

(Foto: Site oficial da Juventus)

 

Time derrotou o Empoli, por 1 x 0, com belo gol de Kean e abre 18 pontos de vantagem no Campeonato Italiano

 

Com um time misto em campo, a Velha Senhora não encontrou dificuldades para sair triunfante do duelo e garantir 78 pontos na tabela da competição. Se mantiver o futebol apresentado e faturar os próximos jogos, o elenco poderá conquistar o octacampeonato italiano. Na próxima terça (02), o time comandado por Allegri, volta aos gramados para enfrentar o Cagliari.  

No entanto, o jogo não foi fácil e o primeiro tempo pontuado por certa burocracia dentro das quatro linhas, um jogo sem muitas emoções e qualidade tática. A Juventus encontrou dificuldade para furar a marcação rival e, com isso, pouco criou. A melhor chance criada foi numa bola que sobrou para Mandzukic tentar abrir o placar de cabeça e que foi defendida por Dragowski.  

A Juventus voltou mais bem organizada para a segunda etapa e, com apenas dois minutos, Bernardeschi recebeu passe pela direita, ajeitou para chutar com a esquerda e arriscou, para Dragowski espalmar para escanteio. E foi o jogador que teve nova chance e colocou a bola no travessão.

 

https://www.gazetaesportiva.com/wp-content/uploads/imagem/2019/03/30/000_1F90Y4-1024x683.jpg

Kean fez o gol da partida

(Foto: AFP)

 

Tendo em vista a dificuldade em manter a pressão e marcar, Allegri resolveu mudar o esquema e colocou três homens na defesa, Emre Can, Rugani e Chiellini, e apostou na velocidade de Kean. O técnico estava certo. O garoto entrou determinado a deixar o seu e assim o fez, com 28 minutos. Chiellini lançou Manduzukic, que ajeitou de cabeça para o camisa 18 estufar as redes.  Kean entrou em campo inspirado e quase fez o segundo, aos 34, sendo parado pela defesa do goleiro Dragowski, em excelente partida.

Massimiliano Allegri conversou com a imprensa depois do jogo e disse que apesar do time não ter jogado bem o primeiro tempo se recuperou e venceu.

“Não conseguimos sair do lado de fora, depois caíram e crescemos. Os jogos são longos, você não pode ganhar sempre por 3 x 0 após 10 minutos. Às vezes tem que passar o tempo e depois bater. Agora estamos a 18-9 dias do fim, mas faltam quatro vitórias para a vitória do Scudetto e terça-feira vamos para Cagliari, onde o campo é mais estreito e vamos encontrar uma equipe que vai dar batalha”, afirmou.

O técnico explicou que não queria correr riscos com Dybala, que se recupera de uma lesão na panturrilha, e optou por Kean ciente de seu talento para mudar o jogo.

"Ele tem ambição e usa a cabeça. Mostra crescimento em campo e vontade de melhorar, isso o ajudará. Vive um excelente momento e sei que posso contar com ele para outras alterações no ataque”, disse sobre Kean.

 

Carla Andrade