JUVENTUS X MILAN: CLÁSSICO NO ITALIANO

https://www.juventus.com/media/images/news-images/2018-19/giocatori/batch__J022468_20190401113915111_20190401123242.jpg

(Foto: Site oficial da Juventus)

 

Equipes se enfrentam neste sábado (06), às 13h, no Juventus Stadium


Este será o terceiro duelo entre dois dos maiores rivais italianos no ano e, talvez, um dos maiores desafios para a Velha Senhora, que está a poucos jogos para conquistar o título. Massimiliano Allegri quer a vitória e sabe bem da qualidade técnica do rival. Nesta sexta (05), ele concedeu entrevista coletiva depois do último treino e destacou as qualidades dos rossoneris.

Milan cresceu muito este ano, deve ser enfrentado da melhor maneira, ainda está lutando por um lugar na Liga dos Campeões. Eles sempre foram equilibrados. É uma corrida desafiadora, que deve nos preparar para os próximos quinze dias muito intensos que temos pela frente. Ganhar nunca é fácil. Quando fizermos o nosso, o título será celebrado e celebrado. Há muitos méritos da Juventus, como o trabalho diário e a força mental”, avaliou.

https://www.juventus.com/media/images/galleries/2019/aprile/05-04-conferenza-allegri/batch_conferenza_allegriDSCF7590.jpg

Allegri durante coletiva de imprensa

(Foto: Site oficial da Juventus)

 

O técnico ainda não decidiu que time escalará para o jogo e adiantou que Cristiano Ronaldo deverá ficar de fora para que se recupere para o jogo contra o Ajax, na próxima quarta pela Liga dos Campeões.

“Cristiano é o melhor e faz de tudo para estar preparado para jogar a Champions. Dybala, Mandzukic e Spinazzola estão disponíveis para amanhã. Ainda preciso avaliar as condições físicas de Khedira. Cáceres ficará de fora por três semanas, Perin tem um ombro melhor, mas deve ser avaliado dia após dia. Certamente não será contra o Milan”, comentou.

Sobre a possível escalação do jovem Kean e os comentários racistas que sofreu no último jogo, Allegri disse que o jogador cresce a olhos vistos e está bastante satisfeito com o futebol apresentado, além de frisar que “o racismo deve sempre ser perseguido e combatido, nunca justificado”.


Carla Andrade